Mau começo de pré-temporada da Ferrari faz Mattia Binotto admitir: "Não somos tão rápidos"
Foto: Reprodução/F1

Início de pré-temporada nada bom para a Ferrari. Os carros vermelhos se apresentaram muito atrás dos ritmos de RBR e Mercedes nesta primeira semana de treinos em Catalunha. Sem guardar orgulho, o chefão da escuderia italiana, Mattia Binotto, admitiu estar atrás de seus dois principais concorrentes.

Todo o time ferrarista é o grande assunto da Espanha quando se trata de Fórmula 1. Após o teste reagir na segunda metade da temporada passada, esperava-se que o ritmo pegado fosse ser mantido, ao menos nesta pré-temporada 2020. Entretanto, a Mercedes reagiu no Teste 2 com um carro atualizado. A Ferrari se faz discreta, raramente tira o sossego da montadora alemã. Além disso, voltou os imprevistos de motores, pois Sebastian Vettel já sentiu na pele esta semana como é antecipar sua volta à garagem nos treinos.

Quando o assunto é desempenho... Vettel foi cerca de 2,6s mais lento que Bottas, finlandês da Mercedes, decepcionando os otimistas italianos no Treino 1. E justamente por essa interioridade Binotto deu o braço a torcer.

"Não estou tão otimista quanto no ano passado. Alguns dos outros são mais rápidos do que nós no momento, acreditamos [...] não somos tão rápidos quanto eles no momento."

"Temos alguma preocupação? Certamente, sim, quando você não é tão rápido quanto gostaria de ser. Mas acho que é muito cedo para definir e entender. Esses três dias foram realmente importantes para nós, porque pelo menos coletamos todos os dados e temos uma imagem clara e uma melhor compreensão", completou Mattos Binotto.

Agora resta aguardar o que vai acontecer nas gananciosas e demoradas reuniões na Ferrari para descobrir com que carro o time vermelho vai passear.

VAVEL Logo