Fornecedora de pneus da F1, Pirelli confirma Covid-19 em funcionário
Foto: Reprodução/Pirelli

Um membro da equipe de Fórmula 1 do fornecedor de pneus Pirelli testou positivo para novo coronavírus em Melbourne, Austrália. É o segundo teste positivo de um membro da Formula 1 após o Covid-19 atingir um funcionário da McLaren, que foi ponto chave para o cancelamento do GP da Austrália na abertura da temporada.

Em nota, a Pirelli disse que a pessoa está 'seguindo todos os procedimentos relevantes implementados pelas autoridades de saúde' e que 'não tiveram contato com terceiros, o que exigiria mais cuidados preventivos'. Pirelli acrescentou que estava monitorando de perto a situação, de acordo com as políticas de saúde pública e as diretrizes da empresa italiana.

Estrago do Covid-19 no início do ano da F1

O coronavírus está causando estragos no início da temporada da principal categoria do automobilismo. As quatro primeiras corridas —Austrália, Bahrein, Vietnã e China — foram adiadas e ainda não têm datas para acontecer. Além delas, o quinta e o sexta GP, programadas para Holanda e Espanha, nos dias 3 e 10 de maio, deverão ser oficialmente cancelados nos próximos dias.

A F1 disse que deseja começar a temporada na Europa no final de maio, mas trabalha numa série de planos de contingência que dependem do desenvolvimento da pandemia de coronavírus em todo o mundo.

VAVEL Logo