Quem são os "Reis do FanBoost" na Fórmula E?
Foto: Fórmula E

Marca registrada da Fórmula E desde o início da competição, o FanBoost é uma forma dos fãs da categoria de carros elétricos dar uma “forcinha” para seu piloto favorito no grid, votando através do site oficial e concedendo uma potência extra durante alguns segundos nos eprix.

Por conta do sistema de votação entre os fãs, sempre se imaginou que alguns pilotos poderiam levar vantagem em relação aos demais por conta do sucesso em outras categorias, como era esperado com a chegada do brasileiro Felipe Massa na quinta temporada, vindo de uma carreira de 16 anos da F1, boa parte dela correndo pela Ferrari, a equipe de automobilismo com o maior número de fãs no planeta.

Porém, isso não aconteceu, e após 63 eprix disputados na história da Fórmula E, ficou mais que provado que os pilotos precisam trabalhar bastante nas redes sociais para conseguir ter essa vantagem extra durante as provas.

O maior vencedor do FanBoost é o suíço Sébastien Buemi, que conquistou a potência extra em 41 oportunidades das 61 provas que disputou na categoria.

Os dois pilotos mais próximos do suíço no número de FanBoost conquistados é a dupla da Audi Sport ABT Schaeffler, Lucas di Grassi (35 vezes) e Daniel Abt (32 vezes), sendo que ambos disputaram todos os 63 eprix da história da categoria.

Esses são os três pilotos com o maior número de FanBoost conquistados na história da Fórmula E, mas este “domínio” por assim dizer pode estar com os dias contados…

Um novo reinado?

Lembram que no texto acima, foi mencionado sobre a expectativa de que Felipe Massa seria o queridinho dos fãs no que diz respeito ao FanBoost? Pois é, não foi o que aconteceu com o piloto brasileiro, mas um outro ex-F1 que entrou na categoria junto com ele, tem se mostrado forte junto ao público: o belga Stoffel Vandoorne.

Após ter disputado duas temporadas pela McLaren na F1 ao lado do bicampeão mundial Fernando Alonso, Vandoorne topou o desafio de correr na Fórmula E, e desde a sua estreia até o momento, disputou 18 eprix, e em todos conquistou o FanBoost.

Atualmente Vandoorne é o quarto maior vencedor de FanBoost da história da categoria, empatado com outro piloto que tem se destacado na votação entre os fãs desde a temporada passada: o português Antonio Félix da Costa, que disputou 59 eprix.

O fato de Vandoorne ser de um país pequeno e ainda assim ganhar o direito de usar o FanBoost em todas as provas que disputou é impressionante, ainda mais levando em conta que seu compatriota Jérôme D’Ambrosio, que disputou todas as provas já realizadas pela Fórmula E, conquistou a potência extra apenas duas vezes.

“Eu gosto do FanBoost! Já tive duas vezes na minha carreira. Sou um dos caras que menos teve. Eu sou de um país pequeno e assim por diante, mas, felizmente, recebemos muito apoio da Índia por causa da Mahindra e conseguimos conquistar o FanBoost em Marraquexe”, comentou D’Ambrosio em entrevista recente ao site britânico Express.

“Sou a favor e acho que é um bom equilíbrio. Faz diferença – pode ser uma ajuda – mas se você não tiver, não vai tirar a sua chance de vencer a corrida. Está dando força aos fãs durante a corrida, ajudando um piloto que eles querem, e de uma forma que não é artificial.”

“Para ser honesto, nem sempre sou o melhor quando se trata de mídia social. Eu não sou a pessoa mais ativa. Há Daniel Abt, que é ativo sem parar todos os dias. Todos nós interagimos com os fãs da nossa maneira, mas não é algo que você deve ser pressionado a fazer, porque no final, se você não for genuíno, acho que as pessoas sentirão isso e não gostarão de você”, completou o belga.

Atualmente, os cinco pilotos mais votados pelos fãs durante a semana dos eprix ganham uma potência extra para usar durante alguns segundos na prova, a qual pode ser acionada nos vinte minutos finais.

Confira abaixo, a lista com os maiores vencedores do FanBoost após 63 eprix na história da Fórmula E:

1º Sébastien Buemi – 41

2º Lucas di Grassi – 35

3º Daniel Abt – 32

4º Stoffel Vandoorne – 18

5º Antonio Félix da Costa – 18

6º Jean-Eric Vergne – 11

7º Nick Heidfeld – 8

8º Nelson Piquet Jr. – 8

VAVEL Logo