Max Guenther vence primeira prova do campeonato virtual da Fórmula E
Foto: Fórmula E

O jovem alemão Maximilian Guenther da BMW i Andretti Motorsport venceu o primeiro desafio virtual do ABB Formula E Race at Home, competição realizada em apoio a UNICEF, em uma corrida disputada neste sábado (25) no circuito de rua de Hong Kong.

O piloto de 22 anos fez jus ao seu favoritismo antes da corrida após ter vencido o evento-teste realizado no fim de semana passado, cruzando a linha de chegada à frente de Nick Cassidy da Envision Virgin Racing — substituto do piloto britânico Sam Bird na primeira rodada — e Pascal Wehrlein da Mahindra Racing .

Considerado o principal rival de Guenther para esta prova de abertura do ABB Formula E Race at Home, o belga Stoffel Vandoorne cravou a Julius Baer Pole Position e fez uma ótima largada, se mantendo a frente dos demais pilotos.

Guenther, que largou na quarta colocação, se aproveitou da intensa disputa entre Nick Cassidy e Pascal Wehrlein nas primeiras curvas pela segunda colocação, para superar ambos os pilotos e passar a perseguir o líder da prova.

Na volta 3, Vandoorne acabou cometendo um erro e batendo o carro em uma das curvas, caindo da liderança para a quinta colocação. Nesta mesma volta, Jean-Eric Vergne (DS Techeetah) e André Lotterer (Tag Heuer Porsche) que estavam fazendo uma boa prova e dentro do Top-10, ficaram sem conexão e abandonaram a corrida.

A corrida virtual pelas ruas de Hong Kong usou o formato 'race royale', no qual o último piloto após cada volta era eliminado até restarem apenas 12. Por conta deste sistema, o atual líder do campeonato Antonio Felix da Costa (DS Techeetah) e o campeão da segunda temporada Sebastien Buemi (Nissan e.dams) foram eliminados nas primeiras voltas.

Sem correr sustos, Guenther se manteve a frente dos demais adversários e venceu a prova inaugural do desafio virtual da Fórmula E, assumindo a liderança da competição online. Vale lembrar que o piloto alemão é o quarto colocado no campeonato oficial, e se tornou o mais jovem vencedor da história da categoria em janeiro deste ano, em Santiago.

Entre os brasileiros, Lucas di Grassi (Audi Sport ABT Schaeffler) não conseguiu largar devido a problemas de conectividade, enquanto Felipe Massa (ROKiT Venturi Racing) fez uma boa largada pulando da 13ª para o 8º lugar, posição na qual terminou a corrida virtual.

A embaixadora da UNICEF no Reino Unido e fã da Fórmula E, Rita Ora, falou na preparação antes do início da corrida sobre a parceria com o ABB Formula E Race at Home Challenge para arrecadar fundos para ajudar a instituição no combate global ao coronavírus.

Antes da etapa envolvendo os pilotos oficiais do grid da Fórmula E, foi realizado uma pré-corrida com alguns dos melhores gamers do planeta. A corrida de abertura 'Challenger Grid' foi vencida pelo piloto australiano Joshua Rogers, pilotando um TAG Heuer Porsche. O piloto vencedor no final da série Challenger terá a oportunidade de cravar um tempo em um circuito real, em um carro da Fórmula E quando a competição oficial recomeçar.

VAVEL Logo