Sergio Pérez acredita que Vettel negaria suposta proposta da McLaren
Vettel e Pérez (Foto: Reprodução/F1)

Saber que Sebastian Vettel não será mais piloto da Ferrari a partir de 2021 põe a luz uma dúvida: o tetracampeão vai se aposentar ou terá vaga numa das equipes de Fórmula 1? Para o mexicano Sergio Pérez, piloto da Racing Point, o alemão vai se aposentar da categoria.

Em entrevista ao site Motorsport.com, o latino-americano ainda citou os rumores de que Vettel poderá receber proposta da McLaren, que tem Carlos Sainz na mira da Ferrari para formar dupla com Charles Leclerc.

"Talvez durante essa quarentena ele tenha percebido muitas coisas, talvez tenha refletido. Isso [seguir na F1] vai depender de quanto ele quer. A opção de continuar talvez seja na McLaren, mas eu duvido. Provavelmente é o último ano dele na F1. Eu o vejo mais perto de se aposentar do que de ir para outra equipe, mas nunca se sabe. Eu falo isso como um fã de F1, não sei o que se passa na cabeça dele."

Mesmo que algumas notícias coloquem "Vettel" e "McLaren" na mesma frase, o australiano Daniel Ricciardo, atualmente na Renault, seja um outro piloto para repor a provável saída de Sainz. Dessa forma, a dificuldade de cavar uma vaguinha no grid ilustra a fase decadente de Vettel, que já foi tetracampeão com a Red Bull, entre 2010 e 2013.

No entanto, sua saída da Ferrari tem uma certa ligação com o clima interno entre ele, seu parceiro Leclerc e a chefia de Mattia Binotto. Não é segredo que a relação de ambos teve grandes atritos em 2019, principalmente após ambos terem se tocado e abandonado o GP do Brasil.

"Nós ouvíamos que as coisas talvez não estivessem correndo tão bem. As duas partes não tinham o mesmo sentimento dos anos anteriores. Acho que o Leclerc foi o fator chave. A aposta deles para o futuro é claramente em um piloto jovem, que fez uma ótima primeira temporada na equipe, algo que levou a muitas outras coisas", comenta Pérez.

O mexicano Sergio Pérez corre no caminho inverso de Vettel pois já tem contrato firmado com a Racing Point, que se tornará Aston Martin na próxima temporada, em 2021.

VAVEL Logo