Chegou a hora da decisão do Desafio Virtual da Fórmula E
Foto: Fórmula E

O campeão do Desafio ABB Formula E Race at Home será conhecido neste fim de semana. No sábado (06), os pilotos retornam à pista virtual do Brooklyn, em Nova York, local onde foi realizada a etapa passada. No domingo (07), será a vez de revisitar o Aeroporto de Tempelhof, em Berlim na Alemanha, em uma prova que valerá o dobro de pontos.

A competição virtual é organizada pela categoria de carros elétricos em apoio a UNICEF no combate a pandemia de coronavírus. Entre os pilotos, são três os candidatos ao título. O belga Stoffel Vandoorne (Mercedes Benz EQ) lidera o campeonato com apenas um ponto de vantagem em relação ao segundo colocado, o alemão Pascal Wehrlein (Mahindra Racing).

O também alemão Maximilian Guenther (BMW i Andretti Motorsport) vem na terceira colocação, com 73 pontos (32 a menos do que o líder). Após ter cravado quatro Julius Baer Pole Position, Vandoorne conquistou sua primeira vitória na competição virtual no último fim de semana na etapa disputada em Nova York, e de quebra assumiu a liderança.

Agora, o piloto da Mercedes sabe que é o principal alvo a ser batido por seus adversários.

”Será um fim de semana movimentado com duas provas, e ainda teremos pontos em dobro na etapa final, então provavelmente tudo será decidido no domingo

”Será importante permanecer lutando e não cometer erros. Sempre tivemos um bom ritmo e lutamos por vitórias e é isso que precisamos fazer novamente neste fim de semana. Seria ótimo terminar com mais algumas vitórias e um título”, declarou Vandoorne sobre a rodada dupla de decisiva deste fim de semana.

Após ter vencido duas etapas seguidas na competição virtual, Wehrlein assumiu a liderança do campeonato, mas acabou sendo superado por Vandoorne no último fim de semana. Apenas um ponto atrás do atual líder, o piloto alemão da Mahindra segue em busca do título.

”A corrida final valerá o dobro de pontos, então a briga está realmente aberta. Estou pronto para a decisão. Os simuladores não são surpresa para mim, pois já estou acostumado por ter esta função na Ferrari atualmente. É uma oportunidade de testar alguns tipos de acertos e evoluir. Ainda assim, isso não me dá nenhuma vantagem, pois no virtual as coisas acontecem muito rápido, é algo surpreendente”, comentou Wehrlein em uma conferência virtual realizada pela Fórmula E nesta semana.

Após ter começado a competição com duas vitórias, Max Guenther acabou sendo superado por seu compatriota Wehrlein e passou por alguns apuros nas últimas etapas, o que o fez cair para a terceira colocação no campeonato. Ainda assim, o piloto da BMW i Andretti Motorsport ainda não abriu mão do título.

”Estou realmente ansioso pelo final do Desafio ABB Formula Race at Home. Foi muito divertido correr contra todos os pilotos do mundo real nas últimas semanas, e finalizar a série com uma rodada dupla será ótimo”.

”Depois de um forte início no campeonato, não tive sorte nos últimos fins de semana, mas vou tentar dar a volta por cima nas últimas duas corridas com alguns bons resultados”, afirmou Guenther.

No Challenge Grid, formado por gamers, influencers e pilotos convidados pela Fórmula E, o esloveno Kevin Siggy está muito próximo de ser o campeão.

Ele lidera o campeonato com 53 pontos de vantagem para o segundo colocado, mas sabe que ainda é preciso garantir mais alguns pontos neste fim de semana para assegurar a conquista.

”Minha experiência no Desafio ABB Formula E Race at Home até agora tem sido muito boa, é difícil ficar sempre no topo. O meu grande momento foi a sexta etapa, quando venci por mais de 12 segundos, além de estar três décimos mais rápido do que todos os demais adversários. Meu pior momento foi a qualificação na segunda prova, quando perdi a pole por 1ms, o que foi mentalmente difícil de aceitar, mas todas as vitórias seguintes superou este momento”, revelou Siggy.

O campeão do Challenge Grid terá a chance de guiar um Gen2 real quando a sexta temporada da Fórmula E for retomada, e o piloto esloveno não pensa em outra coisa a não ser nesta oportunidade.

”Seria uma oportunidade incrível, porque eu realmente não tenho muitas chances de dirigir carros de corrida reais, então ganhar este título e ter a chance de pilotar um dos carros da Fórmula E será algo espetacular que estou louco para provar”.

Ambas as provas deste fim de semana serão disputadas a partir da 11h30 (horário de Brasília), e os fãs poderão acompanhar todas as corridas virtuais pelos canais oficiais da Fórmula E no Facebook, YouTube, Twitter e Twitch, além da transmissão ao vivo no canal Fox Sports 2.

VAVEL Logo