NIO 333 tem interesse em Nelsinho Piquet e Abt para as etapas da Fórmula E em Berlim
Foto: Fórmula E

A NIO 333 não contará com o piloto chinês Ma Qing Hua para as seis etapas finais da sexta temporada da Fórmula E, que serão realizadas entre os dias 05 e 13 de agosto no Aeroporto de Tempelhof, em Berlim.

A saída de Ma Qing Hua do time chinês já vinha sendo especulada desde o ePrix de Marraquexe, que foi disputado no final de fevereiro, e ganhou força devido a pandemia de Covid-19 e os rigorosos protocolos de segurança de alguns países em relação a passageiros vindo do exterior.

"Infelizmente, não vou a Berlim este ano, tendo corrido lá durante a temporada 2015-2016. Atualmente, é bastante difícil viajar e competir no exterior, ao se expor em uma situação de risco de contrair o Covid-19", explicou Ma em matéria veiculada no site britânico "The Race".

"Eu e a equipe discutimos profundamente sobre isso e, considerando a situação atual da pandemia, essa decisão foi tomada para garantir a melhor preparação possível para a equipe. Estou ansioso para voltar e correr no Campeonato Mundial da sétima Temporada."

Com a saída de Ma Qing Hua da sexta temporada, surge dois possíveis nomes para retornar a categoria: o brasileiro Nelsinho Piquet e o alemão Daniel Abt. De acordo com o site The Race, os representantes de ambos os pilotos mantiveram conversas com a equipe.

No caso de Nelsinho Piquet, o brasileiro tem a seu favor o fato de já ter corrido pelo time nas primeiras três temporadas da Fórmula E, inclusive foi campeão pela China Racing Team (nome utilizado pela equipe na primeira temporada).

Nelsinho ainda tem aliados na NIO 333, como Roberto Costa (ex-diretor técnico da equipe Piquet Sports na F3 e GP2) e o atual chefe da equipe, Christian Silk. O nome do brasileiro ainda segue bem contado dentro da categoria, e seu retorno para a competição de carros elétricos é vista com bons olhos por todos.

Porém, o fato da NIO 333 ter um dos piores carros do grid em comparação aos demais times, e principalmente os rigorosos protocolos para quem chega do exterior nos países europeus, pode ser um entrave nesta questão. Como teriam que ir a sede do time chinês em Oxfordshire, no Reino Unido, não poderiam deixar o país antes de permanecerem por lá por 14 dias, de acordo com a recomendação do governo local.

Daniel Abt por sua vez tem a seu favor o fato de ter um bom retrospecto na Fórmula E em Berlim, inclusive venceu no Aeroporto de Tempelhof na quarta temporada. Recentemente demitido da Audi por conta de uma trapaça durante o Desafio Virtual realizado pela categoria, o piloto alemão pode ser uma boa solução.

Além disso, o retorno de Abt ao grid poderia gerar uma boa repercussão para a NIO 333, que até o momento é a única equipe que ainda não pontuou nesta temporada.

Ainda existe um terceiro nome correndo por fora: trata-se do britânico Tom Dilmann, piloto britânico que foi piloto da NIO 333 na temporada passada ao lado de Oliver Turvey. Porém, o desempenho dele não agradou a equipe, que o substituiu justamente por Ma Qing Hua na atual temporada.

VAVEL Logo