Lewis Hamilton volta a ser protagonista sob forte chuva e comemora: "Amo esses dias"
 Hexacampeão comemora desempenho perfeito na manha desse sábado [11] (Foto: Divulgação / F1)

Atraso de 46 minutos, forte chuva, cenário ruim para alguns, mas perfeito para Lewis Hamilton mostrar o porquê de ser considerado um dos maiores da história da Fórmula 1. Após uma exibição de gala, o inglês garantiu a pole no GP da Estíria, sua primeira na temporada, sua 89° na carreira. Numa pista muito molhada, Hamilton foi superior nas três partes do treino classificatório e larga na ponta do circuito austríaco na manhã desse domingo. O holandês Max Verstappen larga na segunda colocação, seguido pelo espanhol Carlos Sainz que sai em terceiro no grid.

O piloto da Mercedes cravou 1m19s273, e não deu chance para o atual líder do campeonato e seu companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas que, ficou apenas com a quarta posição para a corrida de amanhã.  Outro ponto interessante, foi o bom desempenho da McLaren, mostrando que, de fato, tem tudo para brigar na ponta da tabela nessa temporada. O terceiro lugar conquistado por Sainz é a melhor posição num treino classificatório do piloto espanhol desde que chegou à F1.

Na entrevista após o qualifying, o hexacampeão disse como foi guiar debaixo de tanta chuva: "Que dia complicado. Muitas vezes você nem consegue ver para onde está indo. Eu tive um grande momento, depois sofri uma aquaplanagem e definitivamente fiquei com meu coração na boca. Eu amo esses dias", disse o inglês bastante emocionado. Na mesma fila, Verstappen disse que poderia ter sido melhor, porém reconheceu que não seria possível superar Hamilton na manhã desse sábado.

"Parecia que estávamos lutando um pouco mais nas condições realmente úmidas, na aquaplanagem. Acho que o P2 ainda é bom, estava muito escorregadio na pista. A última volta teria sido melhor, mas não acho que teria vencido Lewis", confessou Max que, deixou um tanto a desejar na primeira etapa da temporada. Por outro lado, quem estava muito satisfeito com seu desempenho era Carlos Sainz, já que, pela primeira vez conquistou um terceiro lugar num qualifying.

"Muito feliz por fazer uma volta tão boa na última volta. Colocando o pé lá embaixo, deslizando nas retas. As corridas têm sido melhores do que pensávamos desde Barcelona. Vou ter Alex [Albon], Valtteri [Bottas] para trás, então serão divertidas primeiras voltas", afirmou o empolgado piloto da McLaren. Seu companheiro, Lando Norris, foi o sexto colocado, mas sofreu punição por não respeitar uma bandeira amarela e larga em nono.

O GP da Estíria começa às 10h10 (de Brasília) deste domingo, com transmissão ao vivo pela VAVEL Brasil.

VAVEL Logo