Sérgio Perez lamenta não ter conseguido ultrapassar Albon e afirma: "Tive que arriscar"
Sergio Perez na Racing Point (Foto/Divulgação: Racing Point)

Em um final de semana bastante agitado, o mexicano Sergio Perez fez uma corrida de recuperação neste domingo(12). No GP da Estíria largando de P17 chegando em P6. Porém, o treino classificatório não foi bem para ele e sua equipe Racing Point. Seu companheiro de equipe Lance Stroll também não teve um final semana bom nos treinos, largou em P11 mas chegou na corrida em P7.

A Racing Point teve desempenho pífio nos treinos por conta da chuva. Atuação abaixo do esperado. Apesar de ter um carro competitivo para este ano. A dupla não conseguiu classificar para Q3.

Na corrida a história foi diferente. O mexicano fez uma largada espetacular. Logo, ele foi recuperando posições até chegar em quinto. Porém, após a tentativa de ultrapassagem em cima de Alexander Albon teve a sua asa dianteira danificada, o que culminou no seu resultado final da corrida que acabou ficando em sexto.

Mesmo assim, Perez elogiou a sua atuação e afirmou que deu sorte em não ter perdido mais posições:

"Eu sinceramente, fiquei contente com o sexto lugar. Fiz uma excelente largada e fui ganhando posições. No final, tive que arriscar pra cima do Albon para obter a quarta posição e não deu certo. Mais fiquei feliz da maneira que o carro comportou, nós fomos muito bem e tive sorte em não ter perdido mais posições", afirmou o mexicano

Sergio Perez é o quinto colocado do mundial de pilotos com 16 pontos. Leva vantagem em relação ao seu companheiro de equipe Lance Stroll. Que tem apenas seis pontos. A Racing Point é a quarta colocada no mundial de construtores com 22 pontos.

VAVEL Logo