Fórmula E: Cassidy fica com lugar de Bird na Virgin para próxima temporada
Foto: Divulgação/Virgin Racing

No final, todas as possibilidades levantadas na semana passada pelo site "The Race" se confirmaram: enquanto Sam Bird realizará suas últimas etapas na Fórmula E pela Envision Virgin Racing, já que está acertado com a Panasonic Jaguar Racing, seu lugar na equipe britânica será ocupado na sétima temporada pelo neozelandês Nick Cassidy.

Campeão da Super Fórmula em 2019, Cassidy estava como piloto de testes da Envision Virgin Racing para a atual temporada, e até participou da sessão de treinos para novatos na Fórmula E, realizado no primeiro dia de março deste ano em Marraquexe, no qual foi o piloto mais rápido.

Sua atuação chamou a atenção das demais equipes, chegando a ser procurado pela Mahindra Racing para substituir o alemão Pascal Wehrlein na decisão da sexta temporada da Fórmula E em Berlim, em agosto.

Mas, com a possibilidade de Sam Bird ir para a Panasonic Jaguar Racing, que foi confirmada nesta terça-feira (14) por ambas as equipes, Cassidy optou em permanecer na Envision Virgin Racing, e será companheiro de Robin Frijns na próxima temporada.

“É uma oportunidade fantástica chegar à Fórmula E e à Envision Virgin Racing a partir da próxima temporada. A equipe é uma das mais bem sucedidas no grid, tem ótimas instalações e tem me impressionado constantemente desde que me juntei a eles para o teste entre os calouros em março”, declarou Cassidy no comunicado oficial divulgado nesta quarta-feira (15).

“Todos os pilotos sabem que a profundidade e a qualidade da Fórmula E estão entre os entre os melhores do mundo, então é ótimo adicionar meu nome a essa lista”.

“Correr no Japão tem sido uma experiência incrível e estou e tenho sorte de conseguir tanto em um curto espaço de tempo, mas sinto que agora é hora do próximo desafio da minha carreira e estou ansioso para fazer isso com a Envision Virgin Racing e com a Fórmula E”.

Diretor administrativo da Envision Virgin Racing, Sylvain Filippi, comentou a chegada do neozelandês e está otimista para a futura dupla com Frijns no próximo campeonato da Fórmula E.

“Em Nick, sabemos que temos um piloto muito ambicioso e capaz com talento bruto, velocidade e ofício de corrida, além de um histórico impressionante para sua idade”.

“Desde o seu curto período conosco, estamos confiantes - junto com Robin Frijns - que temos dois pilotos que podem competir até o fim para ganhar campeonatos”.

Antes da sétima temporada, a Fórmula E ainda tem compromissos pela sexta e atual temporada, com seis etapas em Berlim entre os dias 05 e 13 de agosto. Serão três rodadas duplas, cada uma com um traçado diferente no Aeroporto de Tempelhof.

VAVEL Logo