Empolgado com 'maratona' em Berlim, Buemi busca recuperação na Fórmula E
Foto: Divulgação/Fórmula E

Campeão na segunda temporada da Fórmula E, o suíço Sébastien Buemi está preparado para o inédito desafio de disputar seis provas em nove dias, no Aeroporto de Tempelhof, em Berlim, a partir desta quarta-feira (5).

O piloto da Nissan e.DAMS, que foi o vice-campeão da temporada passada, afirmou que está empolgado para a decisão do campeonato e que no momento, está pensando apenas em uma corrida de cada vez.

"Parece que o meu pódio no México aconteceu há muito tempo, mas estou levando para Berlim toda aquela incrível sensação, energia e satisfação que ele proporcionou", comentou Buemi. "Estou pronto e empolgado, mas correr seis provas em nove dias é algo que nunca experimentei antes. Vou fazer uma corrida de cada vez, mantendo a pódio do México em mente para conquistar o maior número de pontos possível."

Depois de um início complicado neste campeonato, sem pontuar nas duas primeiras etapas, Buemi conseguiu dois bons resultados na sequência, com um pódio na Cidade do México e um quarto lugar em Marraquexe. No momento, o suíço ocupa a 11ª colocação no campeonato, mas ele sabe que tudo pode acontecer durante os nove dias em Berlim.

"Obviamente, eu gostaria de ter mais pontos na tabela agora. Sofri um acidente na Arábia Saudita enquanto estava em segundo, e sofri uma punição em Santiago após terminar a prova em sexto. Com esses pontos, seria o segundo ou o terceiro no campeonato, mas infelizmente a situação agora é outra."

"Espero conseguir uma boa corrida em Berlim e, se der certo, teremos uma possibilidade. Porém, sou realista - sei que a probabilidade de sair de Tempelhof como campeão é bastante baixa", afirmou Buemi.

O retrospecto de Buemi em Berlim é favorável. Ele é o maior vencedor na capital alemã, com duas vitórias, além de ter quatro pódios em seis eprix já realizados. O fato de já ter presenciado diversas viradas nos momentos decisivos das temporadas anteriores da Fórmula E, mantém a esperança do suíço na luta pelo título.

"Não vai ser fácil reduzir a diferença de pontos, mas vimos no ano passado que as coisas podem mudar muito rapidamente na Fórmula E e, de repente, você pode começar a acumular muitos pontos. Fiquei em 13º depois de Paris e terminei o campeonato em segundo."

A decisão da sexta temporada da Fórmula E terá início nesta quarta-feira no Aeroporto de Tempelhof, em Berlim. Serão seis provas durante nove dias, sendo três rodadas duplas e cada uma delas, usando um traçado diferente. A liderança do campeonato pertence ao português Antonio Félix da Costa (DS Techeetah), com 67 pontos. Buemi possui 27 até o momento.

VAVEL Logo