Após início difícil, Felipe Massa busca recuperação na sexta temporada da Fórmula E
Foto: Fórmula E

A Fórmula E está pronta para recomeçar a sexta temporada, paralisada desde o final de fevereiro por conta da pandemia de COVID-19. E o ex-F1 Felipe Massa não vê a hora de poder voltar a  guiar o seu Gen2.

Em seu segundo ano na categoria de carros elétricos, Massa terá que buscar uma recuperação após um difícil início de temporada: o brasileiro marcou apenas dois pontos após cinco etapas. 

“As cinco primeiras corridas da temporada não foram como eu queria e espero agora ter a possibilidade de marcar bons pontos e quem sabe até conseguir pódios e vitórias", comentou o brasileiro, que já está no Aeroporto de Tempelhof, local onde será decidido o campeonato.

"Esse é o foco para essas seis corridas e tomara que a gente consiga resultados diferentes do que conseguimos até agora no campeonato.”

Além da possibilidade de poder voltar a fazer o que mais gosta, Massa também vê no retorno da categoria de carros elétricos, uma forma de alegrar os fãs de automobilismo, que ficaram por muito tempo sem competições para acompanhar durante a pandemia.

“Acho que o esporte é algo incrível e tomara que a gente consiga trazer um pouco de alegria para as pessoas que estão em casa sofrendo e esperando o tempo passar assistindo as corridas da Fórmula E. Serão seis corridas em nove dias, e não vejo a hora de começar.”

A Fórmula E definirá o campeão da sexta temporada com seis provas em nove dias no Aeroporto de Tempelhof, em Berlim na Alemanha, com três rodadas duplas na qual cada uma terá um traçado diferente.

A liderança do campeonato pertence ao português Antonio Félix da Costa, com 67 pontos, onze a mais do que o neozelandês Mitch Evans.

VAVEL Logo