Após pódio, Buemi espera que NIssan tenha chances de brigar com a Techeetah
Foto: Fórmula E

O suíço Sébastien Buemi da Nissan E.Dams terminou o eprix de Berlim disputados nesta quinta-feira (06) na segunda colocação, sua melhor posição nesta temporada até o momento.

Porém, apesar do bom resultado na prova que foi a segunda de uma série de seis etapas decisivas da Fórmula E no Aeroporto de Tempelhof, Buemi ficou com a sensação que poderia ter dado mais trabalho ao vencedor e líder do campeonato, o português Antonio Félix da Costa.

"A corrida foi mais apertada do que eu esperava. Tive azar com o primeiro MODO ATAQUE, pois hteve uma bandeira amarela por todo o circuito um pouco depois de ter acionado e perdi a chance de ser mais rápido - isso provavelmente teria mudado as coisas", explicou Buemi.

"No segundo MODO ATAQUE, perdi a posição para o Lucas e tive que ultrapassá-lo e perdi algum tempo lá, mas em termos de ritmo, não estávamos muito longe do Antonio. Hoje melhoramos bastante."

No fim, Buemi reconheceu que a DS Techeetah ainda está um nível acima dos demais times do grid, mas acredita que a Nissan tem como evoluir ainda mais nos próximos dias e buscar resultados ainda melhores, principalmente nos treinos classificatórios.

"A DS Techeetah é extremamente rápida, espero que no sábado tenhamos mais ritmo durante a qualificação. Hoje fizemos uma grande melhoria, no sábado estaremos correndo na pista original e esperamos melhorar ainda mais na próxima corrida, e talvez desafiá-los."

Buemi ocupa a sexta posição no campeonato com 52 pontos, 73 a menos do que o piloto português da DS Techeetah que lidera o campeonato.

 

VAVEL Logo