Massa explica incidente com Di Grassi durante prova da Fórmula E em Berlim
Foto: Divulgação/Fórmula E

O terceiro eprix em Berlim de um total de seis que decidirão a sexta temporada da Fórmula E tinha tudo para ser o melhor resultado do brasileiro Felipe Massa na temporada.

Após ter largado em 12º, o piloto brasileiro da equipe monegasca ROKiT Venturi Racing foi subindo de posição durante a prova e chegou a ocupar a sexta posição, quando acabou penalizado com um drive through e terminou em 19º.

O motivo da penalidade foi um incidente causado por Massa quando disputou uma posição algumas voltas antes com outro brasileiro: Lucas di Grassi, da Audi Sport ABT Schaeffler.

Di Grassi levou a pior, com o toque da Venturi de Massa acabou rodando e caindo para 13º. No final, o piloto da Audi terminou em 8º e segue me terceiro na classificação do campeonato.

Após o término da prova, Massa explicou o incidente com o compatriota: "A corrida começou bem para mim e estava definitivamente me divertindo."

"Tive um bom ritmo, estava lutando e conquistando muitas posições. No início consegui poupar energia em relação aos outros carros à minha volta, o que me colocou numa posição competitiva, mas depois tive contato com o Lucas.”

“Ele estava tentando me ultrapassar pelo lado de fora na Curva 1 e ele entrou um pouco mais cedo quando eu ainda estava lá dentro, o que eu não esperava. Nós nos tocamos e por causa disso, ele rodou o que levou ao meu drive-through.”

Por fim, Massa deixou claro que sente muito por ter de atraplahdo o compatriota, e espera ter uma sorte melhor nas três provas restantes do campeonato.

“Estou muito desapontado porque a corrida estava indo muito bem para mim no momento e sinto muito pelo Lucas. Precisamos redefinir para amanhã, corrigir todos os problemas e, em seguida, voltar a lutar”, conclui Felipe Massa.

VAVEL Logo