Sebastian Vettel assina com Racing Point e já projeta Aston Martin para 2021: "Futuro brilhante"
Foto: Arquivo Pessoal / Sebastian Vettel

O tetracampeão mundial Sebastian Vettel permanecerá na Fórmula 1 além desta temporada! Depois de já ter acertado sua saída da Ferrari, o alemão assinou com a Racing Point, que se chamará Aston Martin a partir de 2021. Dessa forma, o piloto de 33 anos é a grande carta na manga da equipe para se manter em evidência na principal categoria automobilística do mundo.

Em nota oficial, a Racing Point diz que o acordo com Vettel é para '2021 e mais além', sendo uma demonstração nítida da ambição da equipe em se estabelecer como um dos nomes mais competitivos do esporte.

"Tenho o prazer de, finalmente, compartilhar esta emocionante notícia sobre meu futuro. Estou extremamente orgulhoso de dizer que me tornarei um piloto da Aston Martin em 2021. É uma nova aventura para mim com uma montadora automobilística verdadeiramente lendária. Fiquei impressionado com os resultados que a equipe conseguiu este ano e acredito que o futuro parece ainda mais brilhante", disse Vettel.

Atualmente, o dono da equipe é o bilionário Lawrence Stroll, pai do piloto Lance Stroll. O empresário segue com a montadora para o próximo ano e, ao que tudo indica, deve manter seu filho como um dos condutores. Contrastando com a juventude de Lance, Vettel já é bastante experiente na F1 e ainda esbanja vontade de competir firme na categoria.

"A energia e o compromisso de Lawrence [Stroll] com o esporte é inspirador e acredito que podemos construir algo muito especial juntos. Ainda tenho muito amor pela Fórmula 1 e minha única motivação é correr na frente do grid. Estar com a Aston Martin será um enorme privilégio", contou Sebastian.

Negociação com Lawrence Stroll e otimismo para "nova era"

O alemão estava em discussões com a equipe do bilionário Lawrence Stroll há alguns meses, principalmente após a decisão da Ferrari de deixá-lo de fora no final do ano, com Carlos Sainz da McLaren assumindo seu lugar ao lado de Charles Leclerc no próximo ano.

Inicialmente, não parecia haver lugar para a Vettel, sendo que o mexicano Sergio Pérez tinha acordo até o final de 2022 e Lance Stroll apadrinhado pelo próprio pai na equipe. Mas a saída de Pérez abriu espaço para o tetracampeão achar sua brecha na F1.

"Todos em Silverstone [sede da Racing Point] estão muito entusiasmados com esta notícia. Sebastian é um campeão comprovado e traz uma mentalidade vencedora que corresponde às nossas próprias ambições para o futuro como Aston Martin F1 Team. Em um sábado ou domingo à tarde, Sebastian é um dos melhores do mundo, e não consigo pensar em um piloto melhor para nos ajudar a entrar nesta nova era. Ele desempenhará um papel significativo ao levar esta equipe para o próximo nível", disse o diretor da equipe, Otmar Szafnauer, em tom extremamente otimista com a chegada de Vettel a seu time.

Vettel está atualmente em 13º lugar no Mundial de Pilotos, com apenas 16 pontos e sua melhor colocação em oito corridas este ano é um sexto lugar, já que ele luta pelo ritmo bom com uma Ferrari bem aquém do esperado e com baixo nível de competitividade.

VAVEL Logo