Lewis Hamilton pode ser punido pela FIA por pedir prisão de policiais do caso Breonna
Camisa de Lewis Hamilton pode render punição (Foto: Divulgação / FIA)

Lewis Hamilton, mais uma vez, venceu na Fórmula 1. No último domingo (13), ele conquistou o GP Toscana 2020, disputado em Mugello, na Itália. Ao comemorar, no pódio, ele usou uma camisa que pode render uma punição para ele, de acordo com a British Broadcasting Corporation (BBC), agência inglesa de notícias.

A camisa em questão tinha os dizeres "Arrest The Cops Who Killed Breonna Taylor" ("Prendam os policiais que mataram Breonna Taylor", em inglês). a Fórmula 1, tal atitude se enquadra como uma quebra de protocolo - já que a instituição se define como uma organização não-política. Quando perguntado pela equipe de reportagem da BBC se tal mensagem era política para um porta-voz da FIA, o emissário afirmou que tal situação está sendo, sim, considerada.

Ainda não há informação sobre quando a possível será analisada, nem tampouco quando ela será revelada ao público. Também não se sabe qual será a punição - multa ou perda de pontos, por exemplo. 

No mês de junho, a Fórmula 1 concebeu a campanha "#WeRaceAsOne", que busca incentivar a diversidade sexual, social e toda e qualquer igualdade no esporte e na sociedade. Ao aventar a possibilidade de punir um protesto racial, muitos fãs de automobilismo, na internet, criticaram uma eventual condenação.

Caso Breonna Taylor

Utilizando um mandado de invasão de domicílio, policiais brancos entraram na casa de Breonna Taylor e do então namorado dela, Kenneth Walker, para investigar a suspeita de venda de drogas no local. Walker, que possuía porte de armas legalizado, pensou que era uma invasão de privacidade e atirou. Os policiais dispararam cerca de 20 vezes. Breonna foi alvejada por oito deles, falecendo.

VAVEL Logo