Ricciardo afirma que vai cobrar aposta de Abiteboul após pódio
Cyril Abiteboul e Daniel Ricciardo (Renault F1 Team/Divulgação)

O GP Eifel 2020 foi histórico não apenas para Lewis Hamilton, que igualou o recorde de 91 vitórias na Fórmula 1 - anotado pela primeira vez por Michael Schumacher. O terceiro lugar de Daniel Ricciardo marcou a volta da Renault ao pódio: desde 2010 a escuderia francesa não chegava aos três primeiros lugares de uma corrida - incluindo os resultados da montadora enquanto equipe e excluindo enquanto fornecedora de motores. E o retorno era muito aguardado por conta de uma aposta.

Em 2019, após a chegada de Daniel Ricciardo à equipe, o australiano e Cyril Abiteboul, chefe da equipe, fizeram uma aposta, explicada pelo próprio piloto no domingo (11), após a corrida.

"É real. A tatuagem vai acontecer. Provavelmente algo a ver comigo, mas com um sabor alemão. Essa é a aposta. Ele escolhe lugar e tamanho, e eu, o desenho. Mas vamos resolver isso. É uma tatuagem e ele não tem nenhuma, então é algo grande para Cyril. Acho que será algo espontâneo, do momento. Tem que ser engraçado para que quando ele olhe, balance a cabeça e diga 'ah, os bons tempos'", riu o condutor do carro número 3.

Ele também destacou que ainda não sabe qual será o desenho, mas que tem ideia da temática.

"Temos que pensar agora. Provavelmente algo relacionado a mim, mas com um sabor alemão. Obviamente esse foi o lugar onde consegui o pódio então talvez um chapéu alemão ou algo do tipo", disparou.

Zueira e surgimento

Mas... como surgiu tal aposta? Quem dá mais detalhes é o próprio Cyril Abiteboul: "Eu sempre me confundo. Mas ele escolhe o desenho e eu o lugar e o tamanho, porque o tamanho faz diferença! Então desde que eu possa escolher o tamanho, eu consigo aceitar qualquer desenho. Não faz muito meu estilo. Acho que por isso aceitei a aposta. Lembro daquela noite em Silverstone, noite de quinta, no ano passado, quando Daniel estava me mostrando uma tatuagem nova. Então eu pensei, tudo bem, vamos fazer algo do tipo. Se você conseguir um pódio, eu faço uma. Eu sou um homem de palavra. E, obviamente, isso aconteceu após algumas cervejas. Eu faço. Só preciso de um tempo para decidir o tamanho e a localização", destacou.

Chefe da Red Bull, Christian Horner aproveitou a deixar para zuar Abiteboul após a prova.

"Meus parabéns à Renault. É o primeiro pódio deles após algum tempo. Mal posso esperar para ver uma logo enorme da Red Bull no traseiro de Cyril!", finalizou.

VAVEL Logo