Andreas Bakkerud domina etapa norueguesa do Mundial de Rallycross

Vitória de Bakkerud é a primeira de uma equipe americana no campeonato, além de ser o primeiro triunfo de uma equipe não-nórdica.

Andreas Bakkerud domina etapa norueguesa do Mundial de Rallycross
Piloto norueguês vence em casa com o novo Ford Focus RS RX em fim de semana perfeito

O circuito Lånkebanen, situado em Hell, na Noruega, foi palco da quinta etapa do Mundial de Rallycross, e o lugar onde Andreas Bakkerud fez história com a Hoonigan e roubou a cena dos protagonistas de sempre com sua primeira vitória na temporada 2016.

Bakkerud reinou em terreno local durante a fase classificatória, visto que foi o mais rápido com folga nas quatro baterias, bem ao contrário de seu companheiro de Hoonigan, Ken Block, que com problemas em algumas das baterias, viu seu fim de semana acabar mais cedo. Outro piloto com um Ford que se saiu muito bem foi o russo Timur Timerzyanov, da World RX Team Austria, que ficou cola de Bakkerud durante as quatro baterias, provando que o Fiesta ST RX finalmente mostrou seu potencial em 2016.

E foi na primeira semifinal que Bakkerud mostrou que seu bom ritmo não era algo de momento, ao disparar na frente na largada, deixando Timmy Hansen, Johan Kristoffersson e Toomas Heikkinen a uma boa distância dele.

Ir cedo para o coringa não foi exatamente a melhor estratégia para Sébastien Loeb após largar lado a lado com Bakkerud, mas ele ainda conseguiu salvar o terceiro lugar na última volta, vendo a traseira do Peugeot 208 WRX de Timmy Hansen e ficando muito atrás de Bakkerud, que foi o primeiro a ver a bandeira quadriculada.

Na segunda semifinal, Timerzyanov saiu na frente enquanto seu companheiro, Janis Baumanis, foi vítima do ritmo e da agressividade de Mattias Ekström, sendo jogado para fora do traçado.

Diferente do ano passado, quando Timerzyanov destroçou seu carro e o de mais alguns pelo caminho, o russo manteve a constância e venceu com boa margem para Mattias Ekström, que o perseguiu durante toda a corrida. Petter Solberg ainda conseguiu um terceiro lugar, usando tudo e mais um pouco do sua habilidade no volante para se livrar de Davy Jeanney e Robin Larsson.

Mundial de Rallycross - Hell - resultados das semifinais

As surpresas do fim de semana largavam na frente na final, e tomaram caminhos diferentes na largada, com Bakkerud tomando a frente, mas tendo o coringa pendente.

Bakkerud tinha que manter o ritmo forte para sair do coringa com a liderança, só que Timmy Hansen saiu do coringa na frente de Timerzyanov, e a situação do russo ainda piorou após alguns contatos com o resto do grupo, jogando-o para o último lugar.

No final, Bakkerud só tinha que se preocupar em manter o carro até a linha de chegada, e foi assim que o norueguês trouxe a primeira vitória para a Hoonigan e para o novo Focus RS RX após somente cinco corridas no Mundial de Rallycross. Hansen ficou no segundo lugar e Ekström ainda faturou o terceiro posto após os problemas ocorridos com Timerzyanov.

Mundial de Rallycross - Hell - resultado final

Mattias Ekström manteve a liderança do campeonato com 125 pontos, mas Solberg segue logo atrás com 120 pontos. Bakkerud chegou ao quinto lugar com 81 pontos, logo atrás de Loeb e Kristoffersson, com 83 pontos. Entre as equipes, a EKSRX continua soberana com 195 pontos contra os 151 do Team Peugeot Hansen. A Hoonigan manteve o quarto lugar, bem distante dos líderes, com 100 pontos.

Após três semanas de descanso, a ação volta com a segunda parte da viagem pela Escandinávia, passando agora pelo circuito de Höljes, na Suécia, no dia 3 de Julho.