Sérgio Jimenez e Popó Bueno buscam recuperação em Cascavel após treino da Stock Car

Dupla da equipe Cavaleiro Sports tem classificatório difícil neste sábado. Jimenez larga em 21º e Bueno em 30º

Sérgio Jimenez e Popó Bueno buscam recuperação em Cascavel após treino da Stock Car
Sérgio Jimenez larga em 21o na corrida 1. (Foto: Wanderley Soares)

Com condições de pista difíceis, chuva pela manhã e muito vento e frio durante o classificatório, foi definido neste sábado (dia 16) o grid da sexta etapa da temporada 2016 da Stock Car, no autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR). Pentacampeão da categoria, Cacá Bueno ficou com a pole position ao registrar o tempo de 1min02s143.

Na equipe Cavaleiro Sports, os pilotos Sérgio Jimenez e Popó Bueno tiveram dificuldades no acerto dos carros. Jimenez vai largar em 21º e Popó em 30º na primeira prova, às 13 horas (ao vivo no SporTV). A segunda bateria no traçado de 3.058 metros terá sua largada às 14h10.

"Eu peguei duas vezes o grupo que choveu, nos treinos livres, então não tive tanto tempo de pista e isso atrapalhou um pouco. Pela manhã, antes da classificação, a gente não conseguiu colocar o pneu novo e não deu para saber a reação do carro. A gente andou bem no treino com o pneu usado, no nosso grupo. O carro parecia OK, um pouco traseiro e a gente resolveu deixar porque o pneu novo seria para melhorar isso, mas acabou que no qualify ficou muito traseiro. Eu dei duas atravessadas nas duas voltas e isso nos tirou um tempo precioso, que poderia jogar a gente entre os 12 primeiros. Paciência. Mais uma vez um carro bom com pneu usado e temos que fazer corridas boas amanhã", comentou Jimenez.

"Agora é remar, escapar dos acidentes e ir pra frente", concluiu o paulista do Stock Car #73, que tem três Top-10 na temporada e está em 15º no campeonato.

Bueno também vai em busca de provas de recuperação, depois de enfrentar dificuldades nos treinos. "Tive muitos problemas de sensibilidade do carro, achei a direção muito pesada. Não acho que seja um carro ruim, mas acho que mecanicamente tem alguma coisa diferente que eu não consegui me adaptar. Acabei rodando no treino anterior da classificação em função disso", disse o carioca.

"Na classificação você tem que acertar duas voltas e não consegui andar de jeito nenhum. Eu espero que a gente tenha um ritmo bom para a corrida e conseguir pontuar, achar uma estratégia diferente, alguma coisa que possa encaixar. Vamos ver", completou o piloto do Stock #74.

Em sua terceira temporada na Stock Car, a Cavaleiro Sports, comandada por Beto Cavaleiro, se uniu à Hot Car / Bardahl de Amadeu Rodrigues e vem mostrando evolução. O time marcou pontos em todas as cinco etapas disputadas até aqui, pelo menos com um dos seus carros.