Bruno Senna busca pontos em Nurburgring

Brasileiro compete na classe LMP2. Competindo com protótipo Ligier, maior dificuldade será superar equipes que correm com modelo Oreca 05

Bruno Senna busca pontos em Nurburgring
(Foto: MF2)

Depois da perda da liderança no mês passado nas 24 Horas de Le Mans, onde oLigier JS P2-Nissan enfrentou problemas de motor, o trio formado pelo brasileiro Bruno Senna, o português Filipe Albuquerque e o mexicano Ricardo Gonzalez tem um duro desafio neste domingo nas 6 Horas de Nurburgring, quarta etapa do Campeonato Mundial de Endurance: evitar que os rivais que correm com o Oreca 05-Nissan desgarrem de vez na classificação de pilotos da categoria LMP2. Embora consciente do tamanho da empreitada, Bruno saiu das duas sessões de treinos livres desta sexta-feira no tradicional circuito alemão com as esperanças renovadas. “Parece que aqui a diferença para eles diminuiu um pouco”, avaliou.

Os primeiros ensaios foram dominados pelo Oreca 05-Nissan da G-Drive Racing, dividido pelo alemão René Rast, o russo Roman Rusinov e o inglês Alex Brundle, segundo colocados no campeonato com 64 pontos contra 87 dos ponteiros, o americano Gustavo Menezes, o francês Nicolas Lapierre e o monegasco Stéphane Richelmi. Bruno e seus parceiros caíram para terceiro com 53 com os resultados da prova mais longa do calendário. Hoje, ficaram com a 7ª marca entre os 11 protótipos da LMP2, em dia com o asfalto ainda bastante pouco aderente e marcado pelo retorno de Antonio Pizzonia à categoria ao lado dos britânicos Tor Graves e Matthew Howson. Confirmando a força do modelo, o Oreca 05-Nissan do amazonense terminou na segunda posição.

Com aerodinâmica mais eficiente, o Oreca 05 vem sendo a pedra na sapatilha de Bruno. “Será uma luta difícil contra eles, mas fizemos uma corrida forte em Le Mans e só não terminamos em terceiro por causa do problema mecânico. Isso nos deu confiança de que é possível chegar bem mesmo com um carro mais lento”, lembrou. “O objetivo aqui é andar junto com o pessoal da frente. Se tudo der certo e acertaremos a estratégia, acho que poderemos até sonhar com um pódio”, acrescentou Bruno, que abriu a temporada em abril com a vitória nas 6 Horas de Silverstone.

Amanhã, depois da terceira e última sessão de treinos livres, o grid será definido na tomada classificatória marcada para as 9h45 (Brasília). De acordo com o regulamento, os protótipos da LMP1 e LMP2 terão 20 minutos de boxes abertos, período no qual cada equipe deve mandar dois pilotos à pista. A média da melhor volta de cada um deles valerá para a definição da ordem de largada. Domingo, a largada será autorizada às 8 horas, com transmissão ao vivo e na íntegra com exclusividade pelo Fox Sports 2