Temas do momento:
Connect with facebook

Lucas di Grassi: “Temos um carro bom para lutar por vitórias”

Brasileiro da Audi Sport disputou a vitória nas 6 Horas de Nurburgring, neste domingo (24), foi mais uma vez ao pódio e diminuiu a diferença para os líderes do campeonato

Lucas di Grassi: “Temos um carro bom para lutar por vitórias”
(Foto: Audi AG)

Faltou um pouco de sorte para que o trio formado por Lucas di GrassiLoïc Duval eOliver Jarvis conquistasse a segunda vitória da temporada 2016 do Campeonato Mundial de Endurance. As 6 Horas de Nurburgring foram disputadas no último domingo em solo alemão e a prova teve quase 60 mil espectadores que puderam assistir disputas espetaculares entre Audi e Porsche.

Com novidades aerodinâmicas no Audi R18, Lucas e Duval classificaram o carro em segundo lugar no grid, depois de o brasileiro ter registrado a melhor volta do final de semana. Na corrida, a disputa entre as duas marcas alemãs era intensa, e na segunda hora de prova o R18 #8 assumiu a liderança com Oliver Jarvis ao volante.

A Audi buscava a vitória com a estratégia de fazer um segundo stint mais longo, com Di Grassi no comando, enquanto os carros rivais parariam para fazer a troca de pilotos. A tática, no entanto, foi atrapalhada por um período de bandeira amarela (chamado de Full Course Yellow, quando os carros devem percorrer o traçado a 80 km/h, sem necessitar da intervenção do safety car) exatamente após uma parada para abastecimento de Lucas.

“A configuração nova de high downforce funcionou muito bem. A gente perdeu um pouco de tempo na parada e logo depois entrou um Full Course Yellow no meio da corrida e na segunda metade da prova desempenho também caiu um pouco”, lembrou Lucas, que vem de uma vitória em Spa-Francorchamps e um terceiro lugar nas 24 Horas de Le Mans, nas duas etapas anteriores.

Quem esperou um pouco pôde parar durante este período, e foi o caso de Mark Webber com o Porsche 919, colocando Lucas em terceiro, atrás do Porsche 919 #2 de Romain Dumas, Marc Lieb e Neel Jani, justamente os líderes do campeonato. Algumas paradas mais tarde, foi a vez de Lucas passar o R18 às mãos do parceiro Loïc Duval, que prosseguiu com a disputa e tomou o segundo lugar. O carro #2 ainda caiu para o quarto lugar, enquanto o trio formado pelo brasileiro finalizou na segunda posição, diminuindo em seis pontos a diferença em relação aos ponteiros da tabela (106 a 73).

Lucas mostrou-se satisfeito com o desempenho do carro, apesar da imprevisibilidade em uma estratégia que se mostrava acertada ter sido arruinada por um período de bandeira amarela na pista – causada por um acidente. “Acho que podemos ficar felizes com o segundo lugar. Não cometemos erros e pilotamos constantemente no limite. Quando se está na primeira fila você obviamente quer vencer. Mas hoje faltou um pouco de sorte. E é por isso que o segundo e terceiro lugares da equipe formaram um bom resultado”, disse.

“Acho que temos um carro bom para lutar por vitórias. Diminuímos a margem do líder do campeonato, e então vamos confiantes para o México. Se conseguirmos diminuir entre seis e sete pontos por corrida essa diferença nós teremos boas chances de chegar no final brigando pelo título. É isso que temos de fazer: ir para cima, reduzir a distância para o Porsche líder e acelerar”, concluiu.

A quinta etapa do Campeonato Mundial de Endurance acontece no dia 3 de setembro, com as 6 Horas da Cidade do México.

Resultado das 6 Horas de Nurburgring (Top-6):
1-) Bernhard/Hartley/Webber (Porsche) – 194 voltas
2-) Di Grassi/Duval/Jarvis (Audi R18) – a 53s787
3-) Fässler/Lotterer (Audi R18) – a 54s483
4-) Dumas/Jani/Lieb (Porsche) – a 1min37s324
5-) Buemi/Davidson/Nakajima (Toyota) – a 1 volta
6-) Conway/Kobayashi/Sarrazin (Toyota) – a 4 voltas

Classificação do FIA WEC após quatro etapas (Top-5):
1-) Dumas/Jani/Lieb – 106 pontos
2-) Di Grassi/Duval/Jarvis – 73
3-) Conway/Kobayashi/Sarrazin – 62
4-) Lotterer/Fässler – 51
5-) Imperatori/Kraihmer/Tuscher – 36