BoP desfavorável tira equipes Porsche da classe GTD para etapa de Virgina da IMSA

Equipes que competem com o 911 GT3-R estão descontentes com o ajuste de desempenho promovido pela IMSA. Porsche nega envolvimento

BoP desfavorável tira equipes Porsche da classe GTD para etapa de Virgina da IMSA
Alex Job Racing e Park Place fora de Virgínia. (Foto: IMSA)

A próxima etapa da IMSA no circuito de Virginia International Raceway, que acontece no próximo dia 27 não vai contar com dois Porsche 911 GT3 R. A decisão  partiu das próprias equiles, não pela Porsche Motorsports.

O #22 da Alex Job Racing  e o #73 da Park Place Motorsports não irão alinhar seus carros. O motivo é um velho conhecido de quem acompanha a IMSA, o BoP desfavorável. Dirigentes da Porsche negam, qualquer influência.

“Para Porsche, conversas sobre BoP são internas entre os fabricantes e IMSA”. Em um comunicado da Porsche Motorsport:. “Por isso, seria inapropriado para nós fazer qualquer declaração pública sobre o processo ou onde ele está atualmente no que diz respeito à classe GTD.”

“A verdade é que, por um tempo, mantivemos conversas sobre o equilíbrio da classe e o desempenho do Porsche. Temos sentido um equilíbrio impróprio de Desempenho”, disse o dono e piloto do #73 Parick Lindsey ao Sportscar365.

Com a decisão das equipes de não competirem em Virgínia, a luta pelo campeonato da classe GTD fica desfavorável para o fabricante alemão. A Porsche está em segundo lugar entre os construtores, com sete pontos atrás da Audi e um a frente da Ferrari.

Apenas o #23 da equipe The Heart of Racing/AJR dos pilotos Alex Riberas e Mario Farnbacher estarão presentes na prova.