Pilotos da Fórmula Truck precisam fazer descarte obrigatório de pontos

Sétima etapa pode ajudar a definir os pontos que, obrigatoriamente, têm de ser retirados de cada piloto. Pista gaúcha de Tarumã recebe a próxima etapa dia 4 de setembro

Pilotos da Fórmula Truck precisam fazer descarte obrigatório de pontos
Tricampeão Leandro Totti continua a batalhar para fazer o Volvo mais competitivo (Luciana Flores)

Nas quatro etapas restantes até o final da temporada estarão em disputa 212 pontos, o que deixa totalmente aberta a briga pelo título da Fórmula Truck. Na prova de Tarumã, a sétima de 2016 e que acontece no próximo dia 4 de setembro na cidade de Viamão, Rio Grande do Sul, além de conquistar pontos, os pilotos também começam a pensar no descarte obrigatório, pois eles terão somente mais duas corridas para defini-los, já que, conforme o regulamento, a última prova do ano, dia 4 de dezembro em Curvelo, Minas Gerais, não pode ser descartada.

Neste momento, o líder Felipe Giaffone descarta os 23 pontos conquistados na etapa de Goiânia. Felipe é um dos mais regulares em termos de pontuação e ficaria com 213 pontos dos atuais 236. O segundo na classificação geral, Paulo Salustiano, tem 214 e manteria a pontuação, pois na prova de Curitiba abandonou nas duas fases. Diogo Pachenki tem 179 e, descartado seu pior resultado - 18 pontos em Londrina -, chegaria a 161. O quarto colocado é André Marques, que por não ter completado a corrida em Curitiba já definiu a etapa descartada e mantém os atuais 170 pontos. 

Quinto na classificação geral, David Muffato tem como pior resultado os 20 pontos em Curitiba e passaria, dos atuais 156, para 136. O sexto na pontuação é Raijan Mascarello. Como sua mais baixa pontuação aconteceu em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, quando marcou sete pontos, cairia para 131 dos atuais 138. 

No entanto, vale destacar que os descartes podem ser feitos em qualquer uma das próximas três corridas (Tarumã, Cascavel e Guaporé), e muita coisa ainda pode acontecer no Campeonato Brasileiro da Fórmula Truck. Somente no encerramento da competição, dia 4 de dezembro em Curvelo, Minas Gerais, está vetada a eliminação de resultados.