Sergio Jimenez e Rodrigo Baptista prontos para quarta etapa do Blancpain GT na Hungria

Travado circuito de Hungaroring pode ser oportunidade para dupla subir na classificação do campeonato

Sergio Jimenez e Rodrigo Baptista prontos para quarta etapa do Blancpain GT na Hungria
(Foto: AudiSport)

Um mês depois de terem se destacado nas 24 Horas de Spa com o Audi #3, Sergio Jimenez e Rodrigo Baptista vão matar a saudade do Blancpain GT Series. O compromisso deste fim de semana é válido pelo campeonato de sprint, com duas corridas de uma hora em Hungaroring.

É a primeira vez que o maior campeonato de Gran Turismo do automobilismo mundial visita o travado circuito de Budapeste. Estão inscritos no grid 35 carros de oito montadoras diferentes.

Os brasileiros da equipe belga WRT, a atual campeã do Blancpain GT Series, testaram na Hungria recentemente. Mas a chuva na ocasião minou um pouco o planejamento de Jimenez e Baptista. Mesmo assim, o competidor de 19 anos de idade destaca o fato de já ter acelerado na pista de 4.381 m com a máquina de 585 HP.

“Ficamos um tempo longe das competições, mas sempre treinando. Acho que essa etapa não vai fugir muito das outras, vai ser muito disputada e acho que temos que focar bastante na tomada de tempo. O bom é que conseguimos fazer um treino em Hungaroring, não foi um treino muito longo porque choveu bastante de repente. Mas pelo menos já conheço a pista. Sempre temos um carro muito bom para a corrida e creio que não vai ser diferente agora, o segredo é focar no quali e ir o melhor possível”, disse Rodrigo.

Jimenez lembrou que vários dos concorrentes deste fim de semana também participaram da sessão de teste em Budapeste, também destacou a importância da tomada de tempo e ainda a escolha do melhor momento de ir para a pista fazer a volta lançada.

“Depois das férias "forçadas" é bom voltar a correr”, disse o paulista de Piedade. “Conseguimos treinar, mas muito pouco porque choveu na Hungria. Tinha bastante gente treinando também no dia e vão correr conosco. Vai ser uma etapa muito disputada pois a pista não é longa e cheio de sequencia de S. O quali vai ser complicado pois a pista é curta e serão quase 40 carros! Vamos trabalhar para largar mais na frente possível, pois ritmo de corrida nosso sempre foi bom”, completou o piloto.

Esta é a penúltima etapa de sprint de 2016. A programação tem início na sexta-feira com os treinos livres. No sábado acontecem a tomada de tempo e a qualifying race (com largada marcada para 12h15 pelo horário de Brasília). A corrida do domingo também tem uma hora de duração, com o grid definido pela ordem de chegada na primeira prova e começa às 7h30.