Aston Martin #98 troca pneus Dunlop por Michelin para as 6 horas do México

Segundo equipe, desempenho do Vantage V8 na classe GTE-AM do Mundial de Endurance não condiz com o das equipes que utilizam compostos Michelin. Para a classe GTE-PRO, parceria com a Dunlop continua

Aston Martin #98 troca pneus Dunlop por Michelin para as 6 horas do México
(Foto: FIAWEC)

Aston Martin divulgou nota nesta quarta (24), informando a troca dos pneus Dunlop por Michelin no Vantage #98 que compete na classe GTE-AM do Mundial de Endurance.

Pilotado por Pedro LamyMathias Lauda e Paul Dalla Lana, começou a temporada com compostos da Dunlop, assim como os demais carros que competem na classe GTE-PRO. O pneu utilizado na classe AM é de 2015, e a equipe acredita que esteja influenciando de forma negativa o desempenho do carro.

Com duas vitórias na temporada, estão em segundo lugar no campeonato, 41 pontos atrás do líder, a Ferrari da equipe AF Corse. De acordo com a AMR, Dalla Lana, em conjunto com a equipe, solicitou a troca.

“Aston Martin Racing vai continuar a desenvolver pneus em parceria com a Dunlop, com o foco na especificação 2016 Pro”, dizia o comunicado.

Assim o #98 irá utilizar o mesmo pneu que foi usado na classe GTE-PRO em 2015. “Esta decisão permite a  AMR se beneficiar do trabalho e análise de dados realizada ao longo de 2015. A Aston Martin Racing continua sua relação técnica com a Dunlop na classe GTE-PRO com o desenvolvimento de compostos para o Vantage V8 GTE.”

A troca feita pela Aston Martin não foi a única. A Extreme Speed Motorsports, realizou a troca dos compostos Dunlop pelos Michelin, após as 6 horas de Nurburgring.

Assim todos os carros da classes GTE-AM correm com compostos Michelin. Das 32 equipes que disputam o WEC, 19 estarão com os pneus franceses no México.