Sem dificuldades, TDS Racing vence as 4 horas de Le Castellet

Foi a terceira vitória da equipe na temporada. Na classe GTE, a Ferrari da equipe JMW Motorsport chegou em primeiro

Sem dificuldades, TDS Racing vence as 4 horas de Le Castellet
(Foto: ELMS)

Um corrida tranquila. Assim podemos descrever o trabalho que Pierre ThirietMathias Beche e Mike Conway a bordo do Oreca 05 #46 da Thiriet by TDS Racing. As 4 horas de Le Castellet, foram disputadas neste domingo (28) no circuito de Paul Ricard na França.

Largando na Pole, o #46 teve uma pequena disputa com o Oreca #21 da Dragon Speed que durou apenas 2 curvas. Após isso, a equipe francesa não foi mais incomodada. Mike Conway que substituiu Ryo Hirakawa que competiu neste fim de semana pela Super GT em Suzuka, marcou a pole e abriu uma confortável vantagem durante seu stint.

Nicolas Lapierre que iniciou a corrida com o Oreca da Dragon Speed, não conseguiu acompanhar o ritmo de Conway. Em terceiro estava o BR01 #32 da equipe Russa SMP Racing.

Graff Racing vence na LMP3. (Foto: IMSA)
Graff Racing vence na LMP3. (Foto: IMSA)

Quem também começou com um ritmo forte foi o Gibson #38 da G-Drive Racing. Mesmo largando em nono, foi conquistando posições e chegou a estar em segundo lugar. Com uma boa briga com o #32 da SMP Racing, o #38 chegou a fazer um stint duplo com Harry Tincknell para diminuir a diferença para os ponteiros.

O Gibson chegou a superar na pista o #38 da SMP mas acabou sucumbindo nas horas finais terminando em quinto. Na terceira posição, chegou o Oreca 05 #21 da equipe Dragon Speed dos pilotos Henrik Hedman, Nicolas Lapierre e Ben Hanley. Em quarto e depois de sofrer um acidente no treino de sexta o também Oreca 05 #33 da Eurasia Motorsport dos pilotos Pu Junjin. Nico Pieter de Bruijn e Tristan Goomendy.

Na classe LMP3, o Ligier JS P3 #9 da Graff Racing, se tornou a primeira equipe a superar o domínio da United Autosport. Eric Trouillet, Paul Petit e Enzo Guibbert, venceram sem grandes dificuldades. Em segundo o Ligier #19 da Duqueine Engineering. O líder do campeonato na classe, o #2 da United Autosports dos pilotos Alex Brundle, Michael Guasch e Christian England terminou na terceira posição.

Os estreantes na classe o #26 da Tockwith Motorsports que competem no GT3 Le Mans Cup, chegou na sexta colocação, após estar entre os três primeiros. A dupla Nigel Moore e Philip Hanson superou as adversidades, chegando a frente de nove competidores. É também da classe LMP3 o maior número de abandonos da prova. Cinco protótipos não completaram a prova.

Ferrari da JMW Motorsports vence na classe GTE. (Foto: ELMS)
Ferrari da JMW Motorsports vence na classe GTE. (Foto: ELMS)

A JMW Motorsports voltaram a vencer na classe GTE. Rory Butcher, Andrea Bertolini e Rob Smith, conseguiram segurar o ímpeto do Aston Martin #99 da Aston Martin Racing e da Ferrari #60 da Fórmula Racing.

O Aston que teve como pilotos Andrew Howrd, Darren Turner e Alex MacDowall perdeu posições na largada. Foi Turner que mostrou a diferença, reconquistando posições, até encostar em Rory Butcher. Mesmo com um bom desempenho, o Aston Martin acabou na terceira posição. Em segundo o Ferrari da Fórmula Racing de Johnny Laursen, Mikkel Mac e Mikkel Jensen.

A próxima etapa será no dia 25 de Setembro em Spa-Francorchamps. Abaixo a prova completa.

Resultado final da prova.