Medalhista Arthur Zanetti nos boxes de Interlagos para a Corrida do Milhão

O ginasta esteve neste sábado nos boxes da equipe paulista para acompanhar o trabalho do time. No classificatório, Raphael Abbate ficou em 21º no grid e Felipe Lapenna vai largar em 22º

Medalhista Arthur Zanetti nos boxes de Interlagos para a Corrida do Milhão
(Vanderley Soares)

O sábado (10) de classificação para a Corrida do Milhão da Stock Car foi agitado e em ritmo olímpico no box da equipe Hot Car Competições (Bardahl). Isso porque o time comandado por Amadeu Rodrigues contou com a presença ilustre do ginasta e medalhista olímpico Arthur Zanetti, que conquistou recentemente, na Olimpíada Rio 2016, a medalha de prata na modalidade argolas. O resultado do classificatório, com Raphael Abbate em 21º e Felipe Lapenna em 22º, não foi como o elenco esperava, mas os pilotos seguem confiantes para a disputa deste domingo (11), que terá sua largada às 10h e transmissão ao vivo da Rede Globo.

Raphael Abbate considerou positivo o dia de trabalho, apesar do resultado na classificação não ter como ele esperava. O piloto do Stockão #26 ressaltou a presença de Zanetti nos boxes da equipe e espera contar com a torcida do ginasta durante a corrida milionária. 

"Acho que foi um dia bacana. A gente conseguiu evoluir muito durante os treinos. A classificação foi boa, eu vinha até que bem, mas errei um pouco na minha terceira volta. Vou largar mais atrás, ali na parte intermediária. O jeito é focar e fazer uma largada pensada para gente poder disputar e tentar chegar no top-10. A principal estratégia vai ser por conta do uso do push-to-pass e do consumo de combustível", avaliou o piloto paulista. "Contar com a presença de um campeão e medalhista olímpico sempre ajuda. Dá uma inspiração pra gente, e também traz uma boa energia, espero que ele continue brilhando nos ginásios e que a gente brilhe aqui na pista amanhã", encerrou Abbate. 

Felipe Lapenna espera contar com a sorte, e fazer uma boa estratégia pra tentar avançar e terminar entre os 12 melhores. "Nosso carro estava legal no treino da manhã, eu tinha acertado uma volta boa e estava confiante para a classificação. Mas no treino classificatório, não sei o que aconteceu que o equipamento não veio do mesmo jeito e não virei o tempo que esperava. Mas apesar do resultado, nosso carro sempre apresenta bom ritmo na corrida e vamos apostar nisso. Vou largar lá de trás e vou tentar buscar as posições. Espero que amanhã faça mais calor, assim deve consumir mais os pneus dos adversários que estão à nossa frente, pois sabemos que o nosso costuma durar bem. Também tenho que trabalhar para usar os pushes corretamente e tentar recuperar algumas posições para tentar chegar entre os 12 melhores", disse o piloto do Stock #110. 

Lapenna ficou contente pela presença de Arthur Zanetti e destacou a simpatia do ginasta com todos. "Muito bacana contar com o Zanetti aqui com a gente. Ele merece todo o reconhecimento, por ter conquistado um feito tão difícil. Gostei muito dele. Ele foi muito simpático e humilde com todos, gostou de ficar ali no box, e entrou no carro, foi bem legal. Amanhã vamos contar com a presença e torcida dele e espero que ele traga sorte pra gente", declarou.

Arthur Zanetti ficou feliz com o convite da equipe Hot Car Competições e se animou com a movimentação da Stock Car. "É minha primeira vez aqui na Stock Car e estou curtindo demais. É tudo muito legal. Eu já tinha tido a chance de assistir a F1 em 2015 e agora vir nessa corrida especial é muito bom. Agradeço a Hot Car e os pilotos pelo convite. Com certeza vou torcer pelo Rapha e pelo Felipe", contou o medalhista olímpico, prata nos Jogos Rio 2016 e ouro em Londres 2012. 

Para completar a movimentação olímpica, Jadel Gregório, atleta do salto triplo e prata no Mundial de Osaka (Japão) em 2007, e ouro no Pan-Americano do Rio de Janeiro, no mesmo ano, também esteve no box da equipe paulista.

O grid de largada para a Corrida do Milhão em Interlagos:
1) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) - 1:38.958
2) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) - 1:39.101
3) 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) - 1:39.101
4) 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) - 1:39.153
5) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) - 1:39.214
6) 4 Julio Campos C2 (Axalta Racing) - 1:39.252
7) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) - 1:39.265
8) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) - 1:39.289
9) 70 Diego Nunes (União Química Racing) - 1:39.350
10-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) - 1:39.441
11) 77 Valdeno Brito (TMG Racing) - 1:39.488
12) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) - 1:39.531
13) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) - 1:39.557
14) 29 Daniel Serra Red (Bull Racing) - 1:39.589
15) 11 Cesar Ramos (RZ Motorsport) - 1:39.607
16) 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) - 1:39.616
17) 73 Sergio Jimenez (Cavaleiro Sports) - 1:39.635
18) 63 Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team) - 1:39.641
19) 83 Gabriel Casagrande (C2 Axalta Racing) - 1:39.674
20) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) - 1:39.730
21) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) - 1:39.766
22) 110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições - 1:39.817

23) 9 Guga Lima (TMG Racing) - 1:39.898
24) 12 Lucas Foresti (Full Time-ProGP 1min39) - 1:40.033
25) 56 Danilo Dirani (RZ Motorsport) - 1:40.085
26) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) - 1:40.098
27) 8 Rafael Suzuki (Vogel Motorsport) - 1:40.153
28) 51 Átila Abreu (Shell Racing) - 1:40.302
29) 74 Popó Bueno (Cavaleiro Sports) - 1:40.364