Dupla da Cavaleiro Sports busca recuperação na Corrida do Milhão

Sérgio Jimenez bate no treino classificatório, mas garante 17ª colocação no grid. Popó Bueno parte da 29ª posição

Dupla da Cavaleiro Sports busca recuperação na Corrida do Milhão
(Vanderley Soares)

Definido o grid de largada para a principal etapa da temporada 2016 da Stock Car, a Corrida do Milhão, que será disputada neste domingo (dia 11), em Interlagos (SP). Rubens Barrichello garantiu a pole position e sai na frente na sétima etapa do ano, com largada às 10 horas.


Na equipe Cavaleiro Sports, alguns incidentes impediram o resultado esperado. Sérgio Jimenez, que vinha andando entre os 10 primeiros nos treinos livres, bateu na última volta rápida do classificatório e ficou em 17º. O companheiro Popó Bueno não conseguiu tirar o melhor dos pneus novos e terminou em 29º. A meta agora: ir em busca da recuperação.

Por ser uma corrida diferenciada, a Corrida do Milhão será disputada com prova única e duração de 45 minutos mais uma volta. Os pit stops para reabastecimento e troca de pneus não serão obrigatórios. O push-to-pass também terá funcionamento diferente: cada piloto terá direito a nove acionamentos do botão de ultrapassagem, que terá a duração de 45 segundos cada. O intervalo entre cada uso será de 60 segundos, e o delay entre acionamento e funcionamento do sistema será de 12 segundos.

"Não começamos bem o dia e não achamos o melhor balanço. O carro com pneu usado, mais uma vez, se apresentou bem, mas quando passamos o novo, não estava legal", comentou Jimenez. "Para o classificatório mudamos radicalmente. E evoluímos bastante. Melhoramos em termos de posições e ficamos a um décimo do Top-10. Se tivesse conseguido dar a terceira volta, talvez até ficasse em uma posição melhor, mas acabei cometendo um erro no ‘S’ e o carro escorregou e bati", lamentou o paulista, que está em 14º na tabela.

"Agora é pensar na corrida, ver o que a gente pode fazer. O desagaste de pneus está alto, isso pode preocupar. Mas vamos fazer o melhor possível", finalizou Jimenez, que já tem quatro Top-10 na temporada.

Como está em 24º lugar na tabela do campeonato, Bueno é um dos primeiros a ir pra pista na classificação, quando as condições do asfalto não são as melhores. E os ponteiros, que saem depois, acabam beneficiados por isso. "Infelizmente, com esta situação de sair sempre entre os primeiros grupos e com a tendência da pista melhorar para os últimos, não temos conseguido os resultados esperados. O Popó vinha bem nos treinos livres, com pneus velhos e estávamos esperançosos. Mas agora e fazer uma estratégia diferente e buscar a recuperação neste domingo", explicou o chefe da equipe, Beto Cavaleiro.

"O carro não rendeu o que esperávamos no classificatório com os pneus novos. Uma pena não termos uma posição melhor no grid, mas vamos trabalhar e brigar para fazer uma boa largada, se livrar de possíveis incidentes e vir o mais pra frente possível", completou Popó, que deu à equipe Cavaleiro seu primeiro pódio na Stock Car em 2015.

Em sua terceira temporada na Stock Car, a Cavaleiro Sports, comandada por Beto Cavaleiro, se uniu à Hot Car / Bardahl de Amadeu Rodrigues e vem mostrando evolução. O time marcou pontos em todas as seis etapas disputadas até aqui, pelo menos com um dos seus carros.

Confira o grid para a Corrida do Milhão:
1) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) - 1:38.958
2) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) - 1:39.101
3) 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) - 1:39.101
4) 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) - 1:39.153
5) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) - 1:39.214
6) 4 Julio Campos C2 (Axalta Racing) - 1:39.252
7) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) - 1:39.265
8) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) - 1:39.289
9) 70 Diego Nunes (União Química Racing) - 1:39.350
10-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) - 1:39.441
11) 77 Valdeno Brito (TMG Racing) - 1:39.488
12) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) - 1:39.531
13) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) - 1:39.557
14) 29 Daniel Serra Red (Bull Racing) - 1:39.589
15) 11 Cesar Ramos (RZ Motorsport) - 1:39.607
16) 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) - 1:39.616
17) 73 Sergio Jimenez (Cavaleiro Sports) - 1:39.635
18) 63 Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team) - 1:39.641
19) 83 Gabriel Casagrande (C2 Axalta Racing) - 1:39.674
20) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) - 1:39.730
21) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) - 1:39.766
22) 110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições - 1:39.817
23) 9 Guga Lima (TMG Racing) - 1:39.898
24) 12 Lucas Foresti (Full Time-ProGP 1min39) - 1:40.033
25) 56 Danilo Dirani (RZ Motorsport) - 1:40.085
26) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) - 1:40.098
27) 8 Rafael Suzuki (Vogel Motorsport) - 1:40.153
28) 51 Átila Abreu (Shell Racing) - 1:40.302
29) 74 Popó Bueno (Cavaleiro Sports) - 1:40.364

Classificação do campeonato, após seis etapas:

1. Felipe Fraga 133 pontos
2. Marcos Gomes 112
3. Max Wilson 110
4. Daniel Serra 101
5. Caca Bueno 100
6. Valdeno Brito 100
7. Rubens Barrichello 99
8. Diego Nunes 90
9. Ricardo Zonta 88
10. Átila Abreu 85
14. Sérgio Jimenez 65
24. Popó Bueno 34