Lucas Di Grassi busca primeira vitória da Audi em Fuji

Brasileiro luta para quebrar escrita incômoda para a marca das quatro argolas e usa lições da Fórmula E, há uma semana, na busca pelo triunfo: "Não vamos desistir"

Lucas Di Grassi busca primeira vitória da Audi em Fuji
(Foto: Audi Sport)
O Campeonato Mundial de Endurance, chega ao Japão para a sétima e antepenúltima etapa da temporada 2016 com as 6 Horas de Fuji. A prova tem largada às 23 horas deste sábado (15) no horário de Brasília. Lucas di Grassi, piloto brasileiro da Audi Sport, é o atual vice-líder da competição e busca as lições aprendidas em Hong Kong, há uma semana, para tentar reverter a situação.
O paulistano de 32 anos competiu na primeira etapa da temporada 2016-2017 da Fórmula E largando da última fila, tendo de fazer um pit stop não programado para a troca do bico de seu carro e, ainda assim, trabalhou em uma estratégia agressiva, fazendo sua troca antes de todos os outros e tirou tudo de seu carro – inclusive a energia – para terminar a prova na segunda posição em um dia em que tudo encaminhava para que nenhum ponto fosse conquistado.
No FIA WEC, Di Grassi divide a condução do Audi R18 #8 com o francês Loïc Duval e com o britânico Oliver Jarvis. O trio, que já tem uma pole e uma vitória na atual temporada, ocupa a vice-liderança do campeonato com 92,5 pontos, atrás do trio formado por Marc Lieb, Romain Dumas e Neel Jani, do Porsche 919 #2, que soma 130 graças às vitórias conquistadas em Silverstone, no início do ano, e nas 24 Horas de Le Mans, que conferem pontuação dobrada.
“Estamos ainda buscando o Porsche #2 na liderança do campeonato. Estamos atrás, e vamos precisar contar com um pouco de sorte. Não vamos desistir nunca, como aconteceu em Hong Kong na semana passada na Fórmula E. Vamos tentar até a última corrida. Se houver chances matemáticas, nós vamos lutar pelo campeonato”, afirmou Lucas di Grassi.
O brasileiro busca também quebrar uma incômoda escrita para a marca das quatro argolas no Japão. Apesar de ter vencido 13 vezes as 24 Horas de Le Mans, a Audi jamais venceu uma prova do Mundial na Terra do Sol Nascente. “Fuji é uma pista em que a Audi nunca venceu, então seria muito importante conquistar esta primeira vitória para a equipe aqui, bem como para avançar no campeonato. Vamos dar o máximo, como fazemos todas as vezes“, concluiu.