Pipo Derani selecionado para testar com a Toyota no Bahrein

Brasileiro foi um dos escolhidos para o teste que será realizado em novembro

Pipo Derani selecionado para testar com a Toyota no Bahrein
(Foto: ESM)

Pipo Derani participará em novembro do teste para estreantes da LMP1 no Bahrein. Com uma temporada arrasadora, onde venceu as 24 Horas de Daytona e as 12 Horas de Sebring, ele foi um dos selecionados para participar do teste com a equipe Toyota Gazoo Racing.

A chance para Derani testar pela montadora japonesa contou com o apoio e indicação da ACO (Automobile Club de l'Ouest), promotora dos campeonatos FIA WEC, Le Mans Series Europeia e Le Mans Series Asiática, em reconhecimento por sua contribuição na categoria LMP2.

"A excelente performance do Pipo pela ESM nos Estados Unidos no início do ano, além de sua expressiva temporada no FIA WEC em 2015 e as conquistas dos pódios em 2016 contaram para a decisão", comentou o presidente da ACO, Pierre Filon.

"Estou muito honrado por ter sido selecionado como um dos três pilotos para testar no Bahrein. Gostaria de agradecer ao FIA WEC e à ACO pela oportunidade, demonstrando a confiança que eles têm em minhas habilidades. Meu objetivo é correr na LMP1, então este será um passo inicial muito importante e espero conquistar esta meta", declarou Derani.

"Não posso esperar para encontrar o pessoal da Toyota Gazoo Racing e experimentar o Toyota TS 050 Hybrid. Já estou na contagem regressiva, mas antes temos mais duas corridas para o final da temporada e estarei completamente focado no trabalho com a Tequila Patrón ESM", completou Derani.

Brasileiro brilha no Japão
Pipo novamente foi destaque, neste domingo (16), na disputa das 6 Horas de Fuji do FIA WEC, sétima etapa da temporada.

O brasileiro fez um impressionante triplo stint e finalizou a corrida na quinta colocação para assegurar mais um bom resultado para o Tequila Patrón ESM Ligier JP P2-Nissan, que ele divide com os companheiros Ryan Dalziel e Chris Cumming.

"O início da prova foi difícil e tivemos alguns problemas, que nos custaram tempo", disse Derani. "Mas depois conseguimos mostrar um bom ritmo e fomos um dos mais rápidos na pista. A equipe fez um trabalho perfeito no final de semana todo, conquistamos pontos importantes para permanecer na luta pelo Top-3 do campeonato. Nossa performance este final de semana nos deu ânimo para a disputa em Xangai no mês que vem", completou.

A pilotagem do brasileiro foi notável, quando ele se mostrou o mais rápido no último estágio da corrida, registrando a média mais veloz em 70 voltas no Fuji Speedway.

A próxima etapa do FIA WEC, as 6 Horas de Xangai, na China, acontecerá no dia 6 de novembro.

O resultado das 6 Horas de Fuji (LMP2 / Top-6):
1 Rusinov/Stevens/Brundle G-Drive Racing ORECA 05-Nissan
2 Senna/Albuquerque/Gonzalez RGR Sport Ligier JS P2-Nissan
3 Lapierre/Menezes/Richelmi Signatech Alpine A460-Nissan
4 Giovinazzi/Gelael/van der Garde Extreme Speed Motorsports Ligier JS P2-Nissan
5 Derani/Dalziel/Cumming Extreme Speed Motorsports Ligier JS P2-Nissan
6 Kane/Williamson Strakka Racing Gibson 015S-Nissan

Classificação (LMP2, após sete etapas):
1 Menezes/Lapierre/Richelmi 171
2 Senna/Albuquerque/Gonzalez 133
3 Rusinov 112
4 Cumming/Derani/Dalziel 94
5 Rast 86
6 Stevens 67
11 Brundle 48

Classificação (Equipes LMP2):
1 Signatech Alpine 171
2 RGR Sport by Morand 136
3 G-Drive Racing 114
4 Extreme Speed Motorsports 94
5 SMP Racing 59
6 Strakka Racing 66