Bruno Baptista fecha temporada da Fórmula Renault com nono lugar em Portugal

Único brasileiro inscrito no grid da categoria fecha a última prova de 2016 novamente entre os dez melhores. O jovem de 19 anos finaliza o ano em 14º no campeonato

Bruno Baptista fecha temporada da Fórmula Renault com nono lugar em Portugal
(Dutch Photo Agency)

Chove e para, pista molhada e adversa. Esse foi o cenário da segunda corrida, realizada neste domingo (23), válida pela sétima etapa da Eurocup Fórmula Renault 2.0, no circuito português de Estoril. A disputa marcou o encerramento da temporada 2016. A vitória ficou com o francês Sacha Fenestraz, que saiu da pole e soube segurar bem a primeira posição. Lando Norris em segundo e Max Defourny em terceiro completaram o último pódio do ano. Na briga pelo vice-campeonato, o francês Dorian Boccolacci levou a melhor. Depois de completar a prova em quarto, encerrou o ano com o segundo lugar na classificação, com 200 pontos. O campeão Norris somou 253. 

O brasileiro Bruno Baptista completou a corrida derradeira em nono, posição de onde largou, e garantiu mais um Top- 10 na temporada. O piloto da Fortec Motorsports, que não conhecia a pista portuguesa até essa rodada, sentiu as condições climáticas. Mas ficou satisfeito em conseguir ficar novamente entre os dez melhores. 

"Hoje foi meio complicado, porque choveu, secou, voltou a chover. Então, foi uma corrida meio misturada em questão de clima e condições de pista. Mas até que me saí bem. Larguei em nono, e caí para 13º na largada. Acabei me envolvendo em um incidente com outro piloto, fui tocado e fui para fora da pista. Depois, consegui voltar, fazer algumas ultrapassagens e cheguei na nona posição. Não foi tão ruim. O carro estava bom nessa última corrida", contou o brasileiro. 

Bruno Baptista encerrou neste domingo sua segunda temporada na Eurocup Fórmula Renault 2.0. E, para o jovem de 19 anos, o saldo é positivo. Ele destaca o aprendizado ao longo do ano. 

"Acho que foi uma temporada de aprendizado. Como é uma categoria de base, tem muita gente novata, pilotos no primeiro ano, outros no segundo, como é o meu caso. É uma categoria que ainda tem muitos acidentes. Eu me envolvi em muitos incidentes com outros competidores, em corridas que eu poderia ter tido um resultado melhor, e poderia ter brigado pelo pódio. Mas foi uma temporada positiva, aprendi muito e tenho certeza que vou levar esse aprendizado para o ano que vem, seja aqui na Fórmula Renault 2.0 ou em categoria que eu for", avaliou o piloto que completou o ano em 14º no campeonato, com 29 pontos. 

Resultado da corrida 2 no Estoril (Top-10): 
1. Sacha Fenestraz (FRA) TECH 1 RACING, 15 voltas em 27min25s170
2. Lando Norris (GB) JOSEF KAUFMANN RACING, a 1s964
3. Max Deforuny (BEL) RACE-GP, a 6s323
4. Dorian Boccolacci (FRA) TECH 1 RACING, a 11s319
5. Henrique Chaves (POR) AVF by ADRIAN VALLES, a 15s598
6. Robert Shwartzaman (RUS) JOSEF KAUFMANN RACING, a 15s997
7. Hugo de Sadeleer (SUI) TECH 1 RACING, a 21s657 
8. Harrison Scott (GB) AVF by ADRIAN VALLES, a 24s058
9. Bruno Baptista (BRA) FORTEC MOTORSPORTS, a 30s975
10. Marcus Armstrong (NZL) RACE-GP, a 31s995

Classificação do campeonato (Top-15): *
1. Lando Norris 253 pontos
2. Dorian Boccolacci, 200
3. Max Defourny, 178,5
4. Harrison Scott, 172
5. Sacha Fenestraz, 119,5
6. Hugo de Sadeleer, 89
7. Will Palmer, 76
8. Robert Shwartzaman, 75
9. Jehan Daruvala, 61
10. Ferdinand Habsburg, 58
11. Henrique Chaves, 39
12. Gabriel Aubry, 35
13. Julien Falchero, 32,5
14. Bruno Baptista, 29
15. Alexey Korneev, 22
*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas