Porsche mantem dois carros para as 24 horas de Le Mans 2017

Crise envolvendo grupo VW, dona da Porsche e Audi ainda reflete no automobilismo. Substituto de Mark Webber ainda não está definido

Porsche mantem dois carros para as 24 horas de Le Mans 2017
(Foto: Porsche alinhou três 919 Hybrid em 2015)

A Porsche deve manter dois carros para a próxima edição das 24 horas de Le Mans. Com a saída da Audi, surgiram boatos de que a marca alinharia mais um 919 Hybrid. A notícia foi confirmada pelo diretor do programa LMP1 da marca, Andres Seidl.

“No momento, não é uma prioridade”, disse ao site Sportscar365. “As razões por que não teremos um  terceiro carro, igual em 2015 ainda são válidas.”

Na época, foi feito um acordo com a Audi para evitar um terceiro carro para ambas as marcas. O motivo, corte de custos.  “Além disso, a estrutura dentro da empresa agora ainda é nova para operar dois carros.”

“Como vimos em 2015, correr com um  terceiro carro é uma grande coisa. Na verdade, é muito maior do que você pensa no começo. É preciso muita energia para coordenar três carros, especialmente para os engenheiros e pessoal de equipe nas mais diferentes posições.”

“Conseguimos muito bem em 2015, por isso valeu a pena. Mas não é um assunto no momento.”

Pelos lados da Toyota, a adição de um terceiro carro, que foi levantado pela equipe após as 24 horas de Le Mans deste ano deve acontecer. A confirmação final deve acontecer em novembro.

“Seria muito bom ter três Porsche e três Toyotas próximo ano, para ter seis LMP1-H.”, disse Pascal Vasselon ao site Sportscar365.

O CEO do WEC, Gerard Neveu ressaltou que nem ele, nem o presidente da ACO Pierre Fillon, estão forçando as equipes para adicionar um terceiro carro. Caso as duas não alinhem outros LMP1, será um dos menores grids da classe LMP1 em décadas.

Até o momento cinco carros estão confirmados. Dois Porsche, dois Toyota e um ByKolles. “Nós estamos olhando apenas para o que é melhor para as equipes”, disse Neveu.

“Se eles querem por três carros, Pierre irá ajudá-los a ter três carros. Se o melhor for dois carros, vamos aceitar o fato de que eles terão dois carros “.

Seidl acrescentou: “Nós, obviamente, estamos conversando com Gerard e Pierre, e também com a Toyota para ver como ficará o campeonato com a saída da Audi.”