Irregularidades tiram segundo lugar da Rebellion Racing em Le Mans

Nelson Piquet Jr., David Heinemeier Hansson e Mathias Beche foram desclassificados, após peças da carroceria serem alteradas sem aprovação dos comissários das 24 horas de Le Mans

Irregularidades tiram segundo lugar da Rebellion Racing em Le Mans
© AutoWebbb Motorsport – Eric Fabre

Os pilotos Nelson Piquet Jr., David Heinemeier Hansson e Mathias Beche, foram desclassificados na classe LMP2, após comissários da FIA encontrarem irregularidades no Oreca #13 da equipe Rebellion Racing.

Terminando na terceira colocação no geral, o #13 chegou a duas voltas do Porsche #2 que venceu a prova. Os vencedores da classe foram Oliver Jarvis, Thomas Laurent e Ho-Ping Tung.

Boletim técnico

A causa da desclassificação foi um orifício feito na carroceria. Foi realizado pelos mecânicos para que fosse ativado a ignição e trocar um sensor com defeito. De acordo com os regulamentos, qualquer alteração em partes homologadas, durante a corrida, não são autorizadas.

Tal manobra precisaria ser feita removendo a tampa traseira, ação que a equipe não fez para ganhar tempo. O #13 competiu com uma peça, que foi alterada e não foi homologada. Os fiscais foram informados, após vídeo feito pelos delegados técnicos, que acompanhavam os reparos.

Com a desclassificação a DC Racing ocupa o segundo lugar com #37 de Alex Brundle, Tristan Gommendy e David Cheng.


Share on Facebook