Gianluca Petecof sofre acidente no final do Brasileiro de Kart em Penha

Campeão em 2013, se encaminhava para o bicampeonato na mais importante competição nacional, mas foi acertado por outro piloto enquanto liderava a corrida

Gianluca Petecof sofre acidente no final do Brasileiro de Kart em Penha
Bruno Gorski

Bastaram poucas voltas na grande final do Campeonato Brasileiro de Kart para Gianluca Petecof mostrar porque é um dos grandes expoentes da nova geração do automobilismo nacional. Na decisão da categoria Sudam Graduados, que teve transmissão ao vivo do canal Sportv na noite deste sábado (15), o representante da Academia Shell Racing largou em 9º lugar, após um início difícil na competição. Na largada, Petecof pulou para 4º e seguiu avançando com uma sequência de voltas mais rápidas, até assumir a liderança, com uma bela manobra saindo de 3º para o 1º lugar na volta 11. Faltando menos da metade da prova, ele se encaminhava para conquistar o bicampeonato na mais importante competição nacional, até ser acertado em cheio por um adversário, causando o abandono precoce de ambos. 

Com 33 pilotos, a categoria Sudam Graduados é uma das mais competitivas entre as 19 do evento, recheada de pilotos experientes e que fizeram intensa preparação para o Brasileiro, treinando antes no Kartódromo do Beto Carrero, em Penha (SC) e desenvolvendo seus equipamentos ao longo do ano. Gianluca, que vem se dedicando às competições europeias e fazia sua estreia na categoria Sudam Graduados, teve um início difícil nos treinos livres e na tomada de tempos com o motor, que nesta categoria é fornecido pela organização e sorteado entre os pilotos. Na sexta, ele conseguiu melhorar sua perfomance, e assim, com a soma dos resultados das três baterias classificatórias, garantiu a 9ª posição no grid de largada da final.  

A decisão foi marcada por intensas disputas por posições ao longo do pelotão, com algumas baixas, como o incidente que tirou Petecof da corrida. O título da Sudam Graduados ficou com André Nicastro, mas o momento da bandeirada final também foi marcado por um forte acidente entre Ollin Galli e Lucas Okada, 2º e 3º colocados, respectivamente, com Okada voando para fora do kart após contato com seu adversário - mas nada de grave aconteceu ao piloto.  

“Depois de um começo bem difícil para o final de semana, não esperava esse desfecho. Larguei com muita vontade e estava me encaminhando para o bicampeonato, mais um título com a Academia Shell Racing, mas daí teve aquele imprevisto e acabou ali. Importante ressaltar que foi um sonho de criança realizado, disputei a final do Brasileiro contra grandes pilotos, muitos deles que eu vejo desde que comecei a correr, como o Andre Nicastro, que venceu. Estou satisfeito por mostrar o que estou aprendendo na Europa, chegar na final contra quem anda aqui o ano todo, trabalha diariamente no equipamento, realmente foi sensacional. Agora, voltamos para o Europeu, onde estamos evoluindo a cada etapa”. Comenta o piloto 

Agora, Gianluca Petecof volta seu foco para a disputa das duas últimas etapas do Campeonato Europeu de Kart da FIA, onde está em franca evolução. Após uma vitória em uma das baterias classificatórias na Itália, o paulista de 14 anos fez duas grandes finais na Espanha e em Le Mans, na França, e agora segue para Finlândia e Suécia, em duas semanas seguidas. 


Mais notícias de