Lucas Di Grassi é campeão pela Fórmula E

Brasileiro chegou à rodada dupla de Montreal com 10 pontos de desvantagem a Sébastien Buemi e fez seu trabalho: venceu no sábado e bastou um sétimo lugar neste domingo para que o piloto da Audi Sport conquistasse o título da categoria dos carros elétricos

Lucas Di Grassi é campeão pela Fórmula E
Lucas Di Grassi, campeão da temporada 2016/2017 da Fórmula E (Audi Sport)

Lucas di Grassi sagrou-se, na tarde deste domingo (30) em Montreal, no Canadá, o terceiro campeão da categoria dos carros elétricos. Depois de chegar à rodada dupla final com dez pontos de desvantagem em relação ao então líder Sébastien Buemi, da Renault eDams, Lucas virou o jogo ao marcar a pole position e vencer a prova do sábado (29) de ponta a ponta, ao passo que o rival suíço foi desclassificado por estar abaixo do peso mínimo.

Precisando de, no mínimo, um quarto lugar, Lucas largou da quinta posição e fez uma corrida conservadora, enquanto Buemi tinha problemas e forçava no final do pelotão. Com o suíço fora da zona de pontos, o brasileiro da ABT Schaeffler Audi Sport podia correr com mais tranquilidade. E assim o fez. Terminou em sétimo lugar para comemorar o título da categoria dos carros elétricos, que vem crescendo em tamanho, expressão e relevância.

"Hoje é o melhor dia da minha carreira", resumiu o brasileiro. "Acreditei na Fórmula E desde o primeiro dia porque o mundo, incluindo o esporte a motor, está mudando. Três anos atrás, nós vencemos a primeira corrida da história da Fórumula E e agora, finalmente, conquistamos o título. A equipe ABT, a Schaeffler e a Audi Sport desempenharam um trabalho perfeito. Aqui em Montreal, na melhor pista que a Fórmula E já construiu, nós éramos rápidos desde o início", descreveu.

Na temporada 2016/2017, a terceira na história da categoria dos carros elétricos, o piloto brasileiro venceu duas corridas, conquistou três pole positions e foi ao pódio sete vezes em 12 etapas - só ficou fora dos pontos na etapa de Paris. No final, a consistência foi decisiva na luta pelo título - que possibilitou tirar uma diferença que chegou a ser de 43 pontos em relação ao líder e ainda virar o jogo no final -, com desempenhos de recuperação espetaculares registrados em Hong Kong e, principalmente, no México, onde também venceu.

Lucas encerra a temporada com um total de 181 pontos, contra 157 de Sébastien Buemi. A corrida deste domingo foi vencida pelo francês Jean-Éric Vergne. A temporada 2017/2018, cujo pré-calendário inclui uma corrida em São Paulo no mês de março, começa em 2 de dezembro nas ruas de Hong Kong.


Share on Facebook