Cesar Ramos conquista top10 na Argentina pela Stock Car

Piloto do Carro #30 se deu bem no jogo de escolhas entre pneus de pista seca e molhada e foi o nono colocado da segunda corrida deste domingo

Cesar Ramos conquista top10 na Argentina pela Stock Car
(Fernanda Freixosa)

Depois de uma classificação complicada que o obrigou a largar das últimas posições do grid, Cesar Ramos conseguiu, na base da superação, alcançar o Top10 na nona etapa da Stock Car 2017, disputada neste final de semana, em Buenos Aires. Apoiado em uma estratégia certeira da Blau Motorsport no jogo de xadrez em que a rodada dupla se transformou por causa da chuva que desabou sobre a capital argentina, o piloto do carro #30 foi o nono colocado na segunda prova do dia, salvando importantes pontos para o campeonato.

“Foi uma corrida muito difícil, principalmente por conta da oscilação entre pista seca e pista molhada na segunda prova. Alguns pilotos optaram por já colocar os slicks ainda na primeira corrida e focar apenas na segunda prova. Nosso caminho foi tentar deixar esta troca para o início da segunda prova e não perder os pontos da primeira disputa, algo que funcionou muito bem. Tenho de agradecer a todo o time pela estratégia usada e pelo carro competitivo que tivemos hoje. Também estou muito feliz de ter conseguido fazer minha parte. Basta ver a enorme quantidade de acidentes que as duas provas tiveram para constatar como estava difícil ficar na pista e ganhar posições”, disse o piloto que protagonizou uma das ultrapassagens mais sensacionais do final de semana, ao deixar para trás três carros em uma única tacada. Antes, na primeira corrida, Ramos foi o 15o colocado. 

Marcio Campos, que também fazia boa prova de recuperação na primeira corrida, não teve tanta sorte quanto Cesar Ramos e foi uma das vítimas da pista molhada. Rodou e bateu forte contra a barreira de pneus, acidente que o tirou da disputa deste domingo e deixou o carro #31 bastante machucado.

“A traseira do carro escapou, provavelmente em alguma poça de água, e não tive o que fazer. Virei passageiro e batida foi bem forte. Uma pena porque estava muito rápido e, naquele ritmo, teríamos certamente os dois carros chegando perto do Top5”, lamentou o piloto gaúcho que agora volta suas atenções para a etapa de Tarumã, marcada para o dia 22 de outubro 

“Este é um excelente momento para voltarmos a correr em casa. Crescemos no campeonato, estamos com um ritmo bem forte e acredito que a torcida que sempre temos no Rio Grande do Sul será essencial para que possamos buscar nosso melhor resultado este ano”, completou Campos.

Motor