Na busca pelo título, Ferrari cada vez mais perto da Mercedes

Sebastian Vettel confirma que a lacuna entre a escuderia italiana e a Mercedes, esta cada vez menor

Na busca pelo título, Ferrari cada vez mais perto da Mercedes
(Foto: Getty Image)

"Nosso objetivo é continuar a olhando para a frente, mas nossa mira mantém o foco na Mercedes".

Mesmo que a Red Bull, após a vitória na Espanha com Verstappen, seja a terceira candidata ao título do campeonato mundial da Fórmula 1, Sebastian Vettel continua focado na batalha com Rosberg e Hamilton.

"O sábado, em Barcelona foi negativo e isso afetou a corrida no domingo, do ponto de vista da velocidade pura deveriamos estar a frente, e não o fizemos.  Parabéns a Red Bull e Max" - assim foi a análise do alemão durante a conferência de imprensa antes da primeira sessão de treinos livres do Grande Prêmio de Mônaco.

"Agora vamos virar a página, temos um pacote forte, temos aqui as atualizações que utilizaremos para fazer progressos e pretendemos fechar a lacuna com a Mercedes. Se olharmos para trás, demos muitos passos à frente, desde 2015. Estamos "mais aptos", aumentamos a pressão aerodinâmica, e trabalhamos a cinética, porém os outros também fizeram progressos. Se disputassemos a última temporada com o carro deste ano, iriamos ganhar com uma margem enorme, mas isso se aplica a todos. O objetivo que temos é melhorar o carro de modo a fechar a lacuna com a Mercedes. este carro esta adaptado ao meu estilo de pilotagem, mas ainda não estamos rápidos o suficiente para vencer."  

Para a Ferrari, seria impressionante vencer em Monte Carlo,  logo que o último sucesso da escudeira vermelha, no circuito monegasco, foi em 2001. "Esta estatística poderia ser aplicada a outros circuitos. Queremos trazer a Ferrari até o topo, é um desafio difícil, mas é este o objetivo em nossas mentes. Esperamos que muito em breve essas estatísticas negativas sejam esquecidas e começaremos de novo a vencer ", estas são as esperanças de Vettel.