Por um lugar na Mercedes, Alonso está disposto a reduzir seu salário

Fernando Alonso que nós últimos anos ganhou mais dinheiro do que qualquer piloto na F1, parece que está disposto a largar mão do dinheiro para ir atrás do seu sonho de conquistar o seu terceiro título na F1.

Por um lugar na Mercedes, Alonso está disposto a reduzir seu salário
Getty Images

O espanhol Fernando Alonso que já havia assumido que a temporada de 2016 seria mais uma de transições, com pequenas alegrias e muitas decepções, já que o McLaren MP4-31 não é nem de longe um carro competitivo e muito menos um carro que trará o seu sonhado terceiro título mundial na F1. O espanhol este ano vem tentando esconder um pouco os seus sentimentos com a equipe Mclaren, mesmo forçando felicidade com o progresso que eles tem feito em algumas entrevistas,  ainda se nota que ele não está nem um pouco feliz com isso e vem pensando nos últimos meses a possibilidade de mudar novamente de equipe, porém não é por qualquer equipe e sim pela Mercedes que vem dominando a categoria e para isso ele já mostrou estar disposto a renunciar ao seu alto salário que é o mais alto da categoria atualmente.

Luis Abad, empresário de Alonso já havia dito ao 'Diário Gol' o manifesto do desejo de Alonso em participar do próximo projeto da Mercedes, e que o espanhol estaria pronto para fazer o que for preciso para guiar pela Mercedes. Quando contatou os chefes da equipe alemão sobre o interesse de Alonso, eles responderam que Fernado é um piloto muito caro, mas Abad refutou os dizendo que seu cliente estaria disposto a reduzir drasticamente o salário: "Dinheiro não é problema. Ele ganhou muito durante sua carreira e no momento apenas quer conquistar o seu terceiro título na F1". Com isso os chefes da Mercedes se mostraram receptivos a proposta, porém não se comprometeram com nada, mas apreciaram o gesto do piloto espanhol, que no momento quer muito ocupar um dos assentos na Mercedes que atualmente são ocupados por Lewis Hamilto e Nico Rosberg. 

A Mercedes que não descarta uma mudança na sua dupla de pilotos para 2017, devido as tensa relação entre seus pilotos e acima de tudo, pelas faras de Hamilton pelo mundo segundo informações.

Alonso que tenta se aproximar da Mercedes porque não acredita no futuro do projeto da Mclaren-Honda. Na melhor das hipóteses, o intuito é que a equipe de Woking comece a brigar por pódios em 2017. Mas Alonso quer mesmo é conquistar o seu terceiro título mesmo que tenha que desistir de grande parte dos 35 milhões de euros que ele vem ganhando na Mclaren.