Mesmo com problemas na largada, Hamilton sela domínio e vence em Montreal

O piloto inglês foi superado por Sebastian Vettel na largada, mas venceu a estratégia do piloto da Ferrari e ficou com a vitória no circuito canadense

Mesmo com problemas na largada, Hamilton sela domínio e vence em Montreal
Hamilton vence em Montreal  (Foto: Getty Images)

O GP do Canadá não foi um dos mais movimentados da temporada. Entretanto, houve algumas alternativas devido aos jogos de estratégias e às disputas em pistas que deram a graça à prova em Montreal. E por isso, Lewis Hamilton foi o grande vencedor da corrida depois de bater Sebastian Vettel que, novamente, entregou a vitória ao piloto inglês.

Os pilotos largaram, e, como tem sido eventual, as Mercedes não largaram bem. Sebastian Vettel que saiu da terceira posição passou as duas Flechas de Prata antes mesmo da primeira curva e até liderou sem muitas ameaças, apesar de alguns erros na última chicane do circuito Gilles Villeneuve. Rosberg e Hamilton tocaram-se suavemente roda com roda, e o alemão saiu da pista e quando retornou, perdeu várias posições ficando em décimo. Já o inglês, firmou-se na segunda posição 

Porém, na décima volta, foi acionado o Safety Car Virtual, e os pilotos tiveram de diminuir seus ritmos porque Jenson Button teve problemas com o motor Honda da sua Mclaren, e o carro estava parado em uma zona perigosa, na maior reta do circuito. Durante esse período, Sebastian Vettel aproveitou o ritmo lento dos seus adversários e fez um  pit-stop, trocando os pneus ultramacios, os quais a maioria dos pilotos largaram, pelos compostos supermacios. A Ferrari adotou a mesma tática para Kimi Raikkonen. Vettel voltou na quarta posição e o finlandês, em décimo terceiro. Enquanto isso, Lewis Hamilton ficava.

Fim do Safety Car Virtual, e o inglês da Mercedes estava na ponta há onze segundos de Vettel. O inglês, com pista livre e pneus ultramacios com certo grau de desgaste, tinha um ritmo parecido com o de Vettel de supermacios novos que precisava passar os carros da Red Bull. Ele passou Daniel Ricciardo na volta 17 e Max Verstappen, na volta seguinte, voltando à segunda posição e apenas 10s de desvantagem a Lewis Hamilton

Na volta 25, o tricampeão da Mercedes fez sua primeira parada trocando ultramacios por macios. e Sebastian Vettel voltava a liderança, porém o alemão da Ferrari tinha de fazer uma paragem obrigatória para usar os macios. Além disso, os pneus macios, teoricamente, tinham condições de chegar até o final das 70 voltas sem problemas. Ou seja, a corrida já estava nas mãos de Hamilton, após o erro da Ferrari com a primeira parada de Sebastian Vettel e ter escolhido os pneus supermacios. Neste momento, Verstappen era o terceiro, com Raikkonen e Ricciardo completando o top-5.

Sergio Peréz, da Force India, com suas táticas diferentes, havia largado com pneus macios e fez sua parada na volta 31, voltando em décimo segundo. Poucas voltas depois, foi a vez da segunda parada dos carros da Ferrari. Primeiro, Kimi Raikkonen. Foram trocados os pneus supermacios pelos macios e, caso não houvesse nenhum problema, o finlandês chegaria até o final da prova. Logo depois foi a vez de Sebastian Vettel, e o alemão voltou a 8s atrás de Hamilton que voltava a assumir a liderança. Ao mesmo tempo, Felipe Massa da Williams, que já não vivia um bom fim de semana, abandonou a prova por causa de problemas no motor. 

Apesar da vantagem de Hamilton na liderança, a corrida estava em aberto. Sebastian Vettel estava mais rápido durante a volta 44 e tinha um ritmo forte, porém o tráfego não ajudava, e o alemão cometia alguns erros na última chicane do percurso, dificultando ainda mais a sua caça ao tricampeão da Mercedes. À medida que, a vitória estava em aberto, um piloto que estava despontando era Valtteri Bottas, em quarto com uma Williams inferior à Mercedes,Ferrari e Red Bull, segurando a pressão de um Nico Rosberg sedento para recuperar pontos e o prejuízo da primeira curva, quando caiu para nono. 

Nas voltas dez voltas finais, já não havia muitas chances para Sebastian Vettel. Hamilton, com pneus macios bem mais usados, fazia voltas voadoras e mostrava a sua maestria em conservar seus pneus. As primeira e segunda posições pareciam estar consolidadas, porém a terceira era uma dúvida, assim como quarta e quinta.

Valtteri Bottas se firmava na terceira posição, Max Verstappen, o quarto. Mas Rosberg estava na cola do jovem piloto e tinha ritmo forte suficiente para passar o holandês e alcançar o finlandês da Williams. Mas, Verstappen defendeu sua posição com maestria e, na penúltima volta, a oportunidade em que Rosberg teve de ultrapassá-lo, o piloto da Mercedes acabou errando de freada e acabou rodando. No fim das contas, Hamilton venceu com Vettel e Bottas completando o pódio.

Max Verstappen e Nico Rosberg foram o quarto e quinto, respectivamente, Atrás deles, Kimi Raikkonen na sexta posição e Daniel Ricciardo, em sétimo. Nico Hulkenberg, Carlos Sainz Jr. e Sergio Pérez completaram o top-10.

GP do Canadá - Resultado final após 70 voltas

1

44

LEWIS HAMILTON

ING

MERCEDES

1:31:05.296

2

5

SEBASTIAN VETTEL

ALE

FERRARI

+5.011

3

77

VALTTERI BOTTAS

FIN

WILLIAMS MERCEDES

+46.422

4

33

MAX VERSTAPPEN

HOL

RED BULL TAG HEUER

+53.020

5

6

NICO ROSBERG

ALE

MERCEDES

+1:02.093

6

7

KIMI RÄIKKÖNEN

FIN

FERRARI

+1:03.017

7

3

DANIEL RICCIARDO

AUS

RED BULL TAG HEUER

+1:03.634

8

27

NICO HÜLKENBERG

ALE

FORCE INDIA MERCEDES

+1 volta

9

55

CARLOS SAINZ JR

ESP

TORO ROSSO FERRARI

+1 volta

10

11

SERGIO PÉREZ

MEX

FORCE INDIA MERCEDES

+1 volta

11

14

FERNANDO ALONSO

ESP

McLAREN HONDA

+1 volta

12

26

DANIIL KVYAT

RUS

TORO ROSSO FERRARI

+1 volta

13

8

ROMAIN GROSJEAN

FRA

HAAS FERRARI

+2 voltas

14

21

ESTEBAN GUTIÉRREZ

MEX

HAAS FERRARI

+2 voltas

15

9

MARCUS ERICSSON

SUE

SAUBER FERRARI

+2 voltas

16

20

KEVIN MAGNUSSEN

DIN

RENAULT

+2 voltas

17

94

PASCAL WEHRLEIN

ALE

MANOR MERCEDES

+2 voltas

18

12

FELIPE NASR

BRA

SAUBER FERRARI

+2 voltas

19

88

RIO HARYANTO

INA

MANOR MERCEDES

+2 voltas

 

19

FELIPE MASSA

BRA

WILLIAMS MERCEDES

DNF

 

30

JOLYON PALMER

ING

RENAULT

DNF

 

22

JENSON BUTTON

ING

McLAREN HONDA

DNF