Lewis Hamilton domina treinos de sexta-feira em Baku

Hamilton se manteve insuperável nas duas sessões de treinos livres em Baku, Rosberg tentou mais não chegou nem perto. Ferrari e Red Bull decepcionam enquanto Massa e Nasr não terminam o dia em boas colocações

Lewis Hamilton domina treinos de sexta-feira em Baku
(Foto: Getty Images)

A estreia do circuito de rua de Baku foi até tranquila perto do que todos imaginaram que poderia acontecer, no primeiro treino livre onde todos andaram pela primeira vez com seus carros no traçado houve apenas uma batida forte que foi a de Daniel Ricciardo que acabou atingindo o muro na saída da curva 15, danificando seriamente o seu carro, além é claro da bandeira vermelha que ficou 11 minutos até que tudo fosse limpo naquela parte do circuito, o australiano ainda terminou na décima terceira colocação.

O mais rápido da primeira sessão foi Lewis Hamilton que também acabou tocando no muro, porém não tão forte com Ricciardo, mas mesmo assim teve que ir para os boxes já que seus pneus haviam sido danificados. Na segunda colocação por sua vez tivemos Nico Rosberg que junto de seu companheiro de equipe foram os únicos a andar na casa de 1min46s na primeira sessão.

Valtteri Bottas  cravou o terceiro melhor tempo, o que causou certo espanto pois geralmente nos treinos de sexta-feira a Williams sempre está no meio do pelotão, porém a surpresa maior foi o incrível quarto lugar que Fernando Alonso cravou , ele que por sinal fez o seu melhor tempo com os pneus macios igual Bottas. A Mclaren tem muito que comemorar o resultado já que Button também fez um ótimo tempo terminando a sessão na sétima colocação assim a equipe de Woking viu seus dois carros no top 10.
A Ferrari novamente não teve um grande resultado na primeira sessão e teve que se contentar com o quinto lugar de Vettel e o décimo segundo lugar de Raikkonen.
Além da Mclaren, a Force India foi outra equipe que mostrou bom ritmo já que também teve seus dois carros no top 10, com Sergio Perez em sexto lugar e Nico Hulkenberg em décimo.


O brasileiro Felipe Massa fez o oitavo tempo seguido de Carlos Sainz Jr da Toro Rosso, o espanhol que no final da sessão colocou os pneus supermacios e tentou melhorar seu tempo porém acabou quebrando a sua asa dianteira na curva 15 quando vinha em uma boa volta. A equipe que não teve muito o que comemorar na primeira sessão de treinos livres em Baku, foi a Red Bull que além do acidente de Ricciardo , viu o carro de Verstappen dar apenas 3 voltas cronometradas antes de terem que chama-lo para os boxes para investigar um suspeito vazamento de óleo.


Felipe Nasr não teve um ritmo muito forte e acabou terminando a sessão na vigésima primeira colocação enquanto seu companheiro de equipe Marcus Ericsson fez o décimo quinto lugar.


 

Segundo Treino Livre:

Ao contrário da primeira sessão que ocorreu na parte da manhã, a segunda sessão foi não viu vestígios do sol e com isso o clima esfriou e causou muitos erros na frenagem das curvas e até mesmo mexeu com o desempenho de alguns carros como o da Ferrari e Red Bull que tem um certo problema em em conseguir a temperatura nos pneus, além é logico de outros problemas.


Lewis Hamilton e Nico Rosberg além de dominarem outra sessão eles foram os únicos a andar na casa 1min 44s , entretanto entre os dois a diferença foi alta quase 0,7s , o que mostra que o piloto inglês pode conseguir ganhar a sua terceira vitória seguida na temporada, porém para isso ele não pode de jeito algum ter problemas amanhã na classificação e também não pode mais ter largada ruins, pois no circuito de Baku será muito difícil de ocorrer ultrapassagens, já que o único ponto real para isso é a grande reta.

A Force India que na primeira sessão já havia mostrado indícios que o carro tem um bom ritmo para este circuito, nesta segunda sessão confirmaram esse ritmo fazendo um terceiro lugar com Sergio Perez e um quinto lugar com Nico Hulkenberg, entre eles tivemos a Valtteri Bottas que novamente permanece perto das primeiras posições, diferente de seu companheiro de equipe Felipe Massa de caiu muito na segunda sessão terminando o dia com o modesto décimo sexto lugar.

O mais interessante é que as cinco primeiras colocações são de equipes que utilizam o motor Mercedes, mostrando assim que diferente de Mônaco esse circuito de rua prioriza muito o motor, ainda mais na grande reta onde a potência do motor vai falar mais alto.

Carlos Sainz Jr mesmo tendo em seu carro um motor Ferrari de 2015 ele fez o sexto melhor tempo ficando apenas a 0,2s do tempo de Hulkenberg, logo atrás do espanhol apareceu o seu ex-companheiro de equipe, Max Verstappen que cravou o sétimo melhor tempo, enquanto Daniel Ricciardo fez apenas o décimo tempo. A Red Bull que já não esperava ter um fim de semana tão bom já que o motor Renault ainda não é tão potente quanto os motores Mercedes ou Ferrari, por sorte o circuito tem setores de curvas de baixa velocidade onde é necessário ter uma boa aerodinâmica e isso o RB12 tem de sobra.

Outra equipe que também está sofrendo muito em Baku, é a Ferrari que fechou o dia com Sebastian Vettel em oitavo e Kimi Raikkonen em décimo terceiro lugar, ambos que chegaram a ter problemas com o MGU-K do SF16-H , o mais interessante é que os problemas vieram quase ao mesmo tempo nos dois carros, Raikkonen foi o primeiro, após ter escapado na curva 4 não demorou muito para que ele tivesse que abandonar o carro, em seguida a equipe falou pelo rádio com Vettel, ordenando que ele reduzisse a velocidade e voltasse para os boxes pois ele estava tendo o mesmo problema que Raikkonen. Por sorte os problemas apresentados foram acontecer no final do treino assim não prejudicou a programação da equipe italiana.

Agora a equipe que tem que comemorar o bom desempenho é a Mclaren, que mesmo sendo superada pelos rivais no segundo treino ainda acabou por terminar com os dois carros em nono lugar e em décimo primeiro lugar, Button foi melhor nesta sessão, enquanto Alonso que havia feito o quarto tempo na primeira sessão teve que se contentar em ficar de fora do top 10 mas a diferença dele em relação a alguns pilotos que estão à sua frente é algo entorno de 0,2s o que já mostra que eles podem sim brigar para estarem novamente no Q3.

Felipe Nasr voltou a ter um treino ruim, se no primeiro ele havia ficado á frente de um carro nesse ele acabou ficando na última colocação mas a diferença entre ele e Pascal Wehrlein foi menos de um décimo , o que mostra que este fim de semana teremos um duelo entre Sauber e Manor e quem sabe a Renault também, já que os franceses não mostraram bom ritmo até o momento.