Vettel lidera terceiro treino na Áustria enquanto Mercedes enfrenta problemas

Problemas de acerto e a batida de Nico Rosberg impediram qualquer progresso significante da Mercedes

Vettel lidera terceiro treino na Áustria enquanto Mercedes enfrenta problemas
Vettel e Räikkönen fizeram uso de pneus ultramacios durante toda a sessão (Foto: divulgação/Scuderia Ferrari)

Enquanto a Mercedes demorou para agir na última sessão de treinos livres para o GP da Áustria por conta de problemas no acerto dos carros, a Ferrari roubou a cena e contou com Sebastian Vettel e Kimi Räikkönen no topo da classificação durante todo o tempo, os deixando em boa posição para impor certa dificuldade às Flechas Prateadas na briga pela pole position.

Os primeiros 15 minutos de treino foram com a maioria dos pilotos já usando pneus ultramacios, os quais foram bastante castigados quando alguns carros passavam do ponto na hora das freadas fortes, como foram os casos de Lewis Hamilton e Daniel Ricciardo, por exemplo, graças a um balanço de freio mais voltado para a frente do que o normal, o que em parte abriu caminho para Sebastian Vettel e Kimi Räikkönen colocarem a Ferrari na frente na tabela de tempos.

Algumas equipes já haviam mudado para compostos supermacios, porém quem estava mais acima na tabela continuou com os ultramacios, porém o cenário era o da Ferrari ficando mais rápida enquanto os outros ainda estavam no seu ritmo. Após 40 minutos de sessão, parecia que a Mercedes finalmente andaria a sério, porém Nico Rosberg perdeu o controle de seu carro na hora da aceleração ao sair do hairpin, estampando as barreiras e trazendo a bandeira vermelham que perdurou por quase 10 minutos com o cronômetro correndo.

Hamilton vinha rápido nos minutos finais, mas ainda um tanto comedido em suas voltas, o que o deixou em um meio termo entre Ferrari e Red Bull, enquanto Vettel ainda achava tempos levemente melhores, o que permitiu que o alemão dominasse o terceiro treino.

A Williams parece rumar para novamente tentar superar a Red Bull, visto que tanto Valtteri Bottas quanto Felipe Massa não ficaram muito distantes dos carros do time da casa. Na tentativa de melhorar seu tempo na parte final do treino, Bottas perdeu o controle antes da última curva e rodou, trazendo bandeira amarela ao local, a qual se esvaiu logo que o carro do finlandês voltou para a pista sem nenhum dano.