James Allison não será mais diretor técnico da Ferrari

E se atual temporada não vem sendo tão boa para a Ferrari, agora ela acabou de ficar pior pois James Allison não trabalhará mais na equipe italiana.

James Allison não será mais diretor técnico da Ferrari
(Foto: Getty Images)

Apesar da Scuderia Ferrari ter deixado claro que a possível saída de James Allison era apenas rumores, teve que anunciar ontem (quarta-feira) que o James Allison não seria mais o diretor técnico da equipe italiana. Allison que chegou na Ferrari em 2014 após ter passado duas temporadas (2012 e 2013) na Lotus onde viu a equipe de Enstone vencer corridas e chegar ao pódio de maneira frequente, porém no meio da temporada de 2013 , Allison havia fechado um acordo com a Ferrari porém não pode trabalhar 100% na construção do F14T da Ferrari no entanto para a temporada de 2015, ele participou na criação do SF15-T que conseguiu conquistar nada mais nada menos que 3 vitórias naquela temporada com Sebastian Vettel.
Com tudo nesta temporada esperava-se ver uma Ferrari que fosse bater o domínio das Mercedes, mas estamos vendo uma Ferrari que está brigando com a Red Bull para estar no terceiro lugar de cada corrida e não brigando pela vitória. 

E com a saída de James Allison quem assume seu lugar é Mattia Binotto que trabalhava no departamento de motores da Ferrari. 

"Durante os anos que passei na Ferrari, em duas etapas diferentes onde trabalhei em cargos diferentes, pude apreciar o valor da equipe e das pessoas que compõem. Quero agradecer a todos por todas as experiências profissionais e humanas que compartilhamos. Desejo a todos um futuro feliz com muito sucesso", diz James Allison.

O chefe da equipe Ferrari, Maurizio Arrivabene, que alguns dias atrás havia negado os rumores da saída de James Allison, e também tinha acusado a imprensa de não deixa-los trabalhar em paz, agradeceu o engenheiro britânico pelo seu trabalho na equipe.
"A equipe gostaria de agradecer James por seu compromisso e sacrifício durante o tempo que passamos juntos, desejo-lhe sucesso e serenidade para suas futuras aventuras ", disse ele.

James Allison começou a trabalhar na F1 no início dos anos 90, quando se junto à equipe Benetton. Na primeira metade da década de 2000 ele estava na Ferrari mas em 2005 foi para equipe Renault onde exerceu o cargo de diretor técnico, mas em 2012 e 2013 quando era o diretor técnico da equipe Lotus que foi quando seu nome entrou ficou popular, isso porque com um orçamento bem apertado ele conseguiu projetar carros competitivos que chegaram a vencer ao menos uma prova tanto na temporada de 2012 quanto na de 2013 com Kimi Raikkonen.