Rosberg fecha sexta-feira na frente em Hockenheim

E novamente ninguém conseguiu chegar perto de Rosberg apenas Hamilton que acabou ficando ainda a quase meios segundos atrás, com isso o alemão começa a mostrar favoritismo para a pole position de amanhã e atém quem sabe favorito a ganhar o GP de casa.

Rosberg fecha sexta-feira na frente em Hockenheim
Getty Images

A segunda sessão de treinos livres terminou da mesma forma que terminou a primeira com os dois carros da Mercedes ocupando as duas primeiras posições, além é claro de Nico Rosberg novamente ter feito o melhor tempo da sessão, ele que dessa vez chegou a colocar quase 4 décimos em Lewis Hamilton o que mostra que pole position de amanhã já tem um favorito.

A Ferrari por sua vez continuo mostrando que pretende ser a segunda força no grid do GP da Alemanha porém apenas com Sebastian Vettel que fez o terceiro melhor tempo ficando a pouco mais de meio segundo do tempo de Rosberg, enquanto Kimi Raikkonen fez apenas o sexto tempo a quase 1s atrás do melhor tempo.

Max Verstappen e Daniel Ricciardo da Red Bull ficaram na quarta e quinta colocação ficando entre as Ferrari, no entanto a diferença das duas equipes é bem pequena o que nos mostra que a briga será intensa entre elas, lembrando que a diferença da Red Bull que ocupa a terceira posição na tabela de construtores para a Ferrari que ocupa a segunda posição é de apenas 1 pontos.

Force India nesta segunda sessão conseguiu melhorar graças aos pneus supermacios que eles utilizaram pela primeira vez em Hockenheim assim Nico Hulkenberg cravou o sétimo melhor tempo enquanto Sergio Perez fez o nono, com isso a equipe indiana entra na briga daquelas que querem ser a quarta força do grid neste fim de semana.

A Mclaren mesmo vendo a equipe de Vijay Mallya melhorar não se preocuparam muito já que Jenson Button e Fernando Alonso permaneceram entre os 10 melhores, o piloto inglês dessa vez levou a melhor e fez o oitavo tempo enquanto o espanhol fez o décimo.

Carlos Sainz Jr. e Daniil Kvyat que haviam estado no top 10 na primeira sessão tiveram que se contentar com o décimo primeiro e o décimo segundo tempo nesta segundo sessão porém a diferença deles para as últimas duas posições do top 10 foi menos de 3 décimos.

Os brasileiros não tiveram uma sessão muito animadora tendo Felipe Massa da Williams em décimo quinto e Felipe Nasr da Sauber na última posição da tabela.