Mercedes e Red Bull dominam sexta-feira em Spa-Francorchamps com Robserg e Verstappen

Rosberg de "Halo" crava a volta mais rápida da primeira sessão de treinos livres enquanto Verstappen e Ricciardo fazem dobradinha na segunda sessão.

Mercedes e Red Bull dominam sexta-feira em Spa-Francorchamps com Robserg e Verstappen
Getty Images

E a F1 voltou das férias de 'verão' porém quase nada mudou, isso porque a Mercedes ainda continua soberana. No primeiro treino livre como de costume as Mercedes dominaram tranquilamente a sessão, porém a surpresa foi que Nico Rosberg enquanto testava o 'Halo' cravou a volta mais rápida do treino enquanto seu companheiro de equipe Lewis Hamilton que neste fim de semana não terá vida fácil já que largará na parte de trás do grid fez o segundo melhor tempo ficando á 0,7s do tempo de seu companheiro.


Além de Rosberg, tivemos Nico Hulkenberg, Carlos Sainz Jr e Daniel Ricciardo testando o 'Halo', a FIA que adiou a introdução do acessório na categoria para 2018, liberou as equipes fazerem testes com ele durante os treinos livres de sexta-feira, assim sendo daqui em diante será mais comum ver o 'Halo' em alguns carros por algumas voltas nos treinos livres. 


Kimi Raikkonen foi o melhor do 'mortais', fazendo o terceiro melhor tempo sessão enquanto Sebastian Vettel seu companheiro de equipe teve que se contentar com a quinta posição. Entre as duas Ferrari, tivemos o mexicano Sergio Perez que ficou apenas 0,1s do tempo de Raikkonen, ele e seu companheiro de equipe Nico Hulkenberg que neste fim de semana tem tudo para fazerem uma ótima já que o circuito de Spa favorece muito o VJM08 da Force India, o alemão não teve um ritmo muito certo mas conseguiu fazer o oitavo tempo.


A Red Bull que atualmente ocupa a segunda colocação no campeonato de construtores viu Daniel Ricciardo e Max Verstappen ficarem com o sexto e sétimo melhor tempo da sessão porém a diferença de ambos para Sebastian Vettel da Ferrari foi menos de 0,2s . 
Valtteri Bottas e Esteban Gutierrez completaram o top 10.


Os brasileiros nesta primeira sessão tiveram sentimentos distintos isso porque Felipe Massa da Williams conseguiu fazer apenas o décimo segundo tempo, enquanto Felipe Nasr da Sauber que tem praticamente um carro novo conseguiu fazer o décimo quinto. 


Na parte de trás do grid tivemos a surpresa com o estreante Esteban Ocon que conseguiu superar já na primeira sessão de treinos livres seu companheiro de equipe Pascal Wehrlein e fazer o décimo sexto tempo. 


As Mclaren foram quem deixaram a desejar na sessão pois Jenson Button fez apenas o décimo oitavo tempo e Fernando Alonso que sofreu com um problemas no motor e ficou sem marcar tempo. 
 

A segunda sessão de treinos livres foi bem mais empolgante pois pela segunda vez em 17 treinos um piloto da Mercedes não esteve na primeira colocação, assim a Red Bull que atualmente é a segunda força da categoria fez jus ao seu status e fechou a sexta-feira em Spa com dobradinha vendo Max Verstappen liderar a sessão seguido de Daniel Ricciardo.

Mas o domínio da equipe Red Bull na segunda sessão deve-se ao fato de que a dupla da Mercedes ter apenas utilizado os pneus macios e médios além é claro de terem escondido o jogo, assim Nico Rosberg e Lewis Hamilton fecharam a sexta-feira na sexta e décima terceira colocação. 

A equipe Force India aproveitou também ausência das Mercedes nas primeiras posições, e viu Nico Hulkenberg cravar a terceira posição e Sergio Perez fazer a quinta posição. 

A Ferrari deixou a desejar, já que era esperado que ele ficassem na cola das Red Bull mas e tiveram que se contentar com o quarto lugar de Sebastian Vettel e o sétimo lugar de Kimi Raikkonen. 

Quem comemorou muito na segunda sessão foi a equipe Haas que viu seus dois pilotos ficarem no top 10 com Romain Grosjean em oitavo e Esteban Gutierrez em décimo.

Diferente do primeiro treino livre a Mclaren voltou a mostrar até que um bom desempenho, levando em conta que Spa não é um circuito ideal para eles, mas isso não impossibilitou Jenson Button em cravar o nono melhor tempo e Fernando Alonso o décimo segundo tempo. 

Na décima primeira colocação tivemos  Pascal Wehrlein que mesmo tendo um carro limitado conseguiu fazer um ótimo quase conseguindo entrar no top 10, já que sua diferença para Esteban Gutierrez foi menos de um décimo.

Se no segundo treino livre muitos esperavam ver uma Williams mais forte acabaram se iludindo, a dupla de Grove conseguiu fazer apenas o décimo sexto e o décimo sétimo tempo ambos que andaram no mesmo ritmo já que a diferença de Bottas para Massa foi de apenas 6 milésimos de segundos.

Outro brasileiro que não tinha muito que comemorar era Felipe Nasr, que na primeira sessão havia mostrado um bom ritmo porém na segunda sessão teve que se contentar em fechar o dia na última colocação da tabela enquanto seu companheiro de equipe cravou o décimo quinto tempo, mas a situação não é tão ruim isso porque do décimo quinto ao último colocado todos estão no mesmo segundo. 

O terceiro treino livre ocorre amanhã à partir das 6 horas da manhã.