Verstappen e Raikkonen trocam acusações após incidentes no GP da Bélgica

E após o Gp da Bélgica foi um verdadeiro toma-la da cá , Verstappen e Raikkonen trocaram fortes acusações um afirmando que outro estragou a corrida dele.

Verstappen e Raikkonen trocam acusações após incidentes no GP da Bélgica
Getty Images

Kimi Raikkonen e Max Verstappen foram os protagonistas do GP da Bélgica, ambos que se envolveram em dois incidentes durante a corrida deste e que deu muito o que falar, porém as acusações começaram em plena corrida quando Raikkonen havia sido fechado pelo holandês na reta Kemmel e o finlandês não poupou xingamentos ao jovem piloto, dizendo que aquela manobra tinha sido "ridícula" e que a intenção de Verstappen era coloca-lo para fora da pista, mas isso foi apenas o começo da confusão entre eles.

Sobre o primeiro incidente que ocorreu logo após a largada, o finlandês da Ferrari preferiu não apontar o dedo para o culpado, mas sobre o segundo incidente em que Verstappen quase causou um acidente ele foi bem duro nas críticas .

"Na primeira curva é difícil dizer, pois fiquei preso entre dois carros".

"Estou sempre pronto para boas disputas limpas, mas quando tenho que frear na Kemmel para não causar um acidente, algo está errado. pois nunca aconteceu isso com outro piloto. Se eu não tivesse freado tinha acontecido um grande acidente. Porém uma hora alguém não conseguirá fazer o mesmo".

O finlandês também achou muito injustiça os comissários não darem a Verstappen algum tipo de penalização, mas ele só escapou de receber alguma punição pois ele havia mudado de direção apenas uma vez.

"Foi bem interessante ver que para os comissários não foi nada demais. Conversar com ele não irá adiantar de nada. As vezes o que ele precisa é de ter um grande acidente para aprender, mas espero que não aconteça, e que ninguém se machuque".

Verstappen por sua vez não ficou quieto e refutou as acusações de Raikkonen.

"Ele deveria sobre o que aconteceu na curva 1. É ridículo. Quero dizer, é bom para a TV quando alguém reclama. Eles fizeram algo bem parecido na curva 1 após a largada. Eu não vou desistir da minha posição facilmente", disse Verstappen.

"Claramente isso é uma grande mentira. Eu só estava defendendo minha posição. E se tem gente que não gosta, isso é problema deles", afirmou. 

Verstappen foi bem direto sobre o incidente na primeira curva e afirmou que a manobra de Vettel foi ilógica já que havia mais dois carros na parte de dentro da curva.

"Minha largada não foi tão boa, mas eu mergulhei pela parte de dentro da curva, não travei nenhum roda mas mesmo assim eles continuaram me apertando". 

"Em um certo momento eu estava do lado de dentro da curva e Kimi ainda continuava me apertando enquanto Sebastian em vez de espalhar com seu carro virou para cima de nós o que levou a minha asa dianteira a ser danificada além de vários danos no assoalho, com tudo isso partir da li minha corrida havia acabado  ".


"Ele (Vettel) sabe que está no lado de fora e de repente se vira para a curva onde há dois outros carros, isso pra mim é bastante ilógico".