Sem surpresas, Mercedes domina treinos livres na Malásia com Rosberg e Hamilton

Rosberg e Hamilton dominaram as sessões; a primeira quem levou a melhor foi o alemão que chegou a colocar 0,5s de vantagem sobre o inglês, porém na segunda sessão Hamilton deu o troco e fechou o dia na ponta

Sem surpresas, Mercedes domina treinos livres na Malásia com Rosberg e Hamilton
Foto: XPB/GettyImages

E o primeiro treino livre do GP da Malásia não houve muitas surpresas entre as duas primeiras colocações, que foram ocupadas pelas duas Mercedes, com Nico Rosberg fazendo o melhor tempo enquanto seu companheiro de equipe Lewis Hamilton ficou com o segundo melhor tempo a quase 0,5s de diferença, porém este primeiro resultado já mostra que a equipe alemã tem tudo para conquistar de forma fácil o seu terceiro campeonato de construtores consecutivo mesmo faltando 6 corridas para o fim, a Mercedes que necessita apenas de 26 pontos para assegurar esse título na Malásia e isso é uma tarefa um tanto quanto fácil para a melhor equipe do grid.

Porém quem realmente chamou a atenção na primeira sessão foi a equipe Renault que viu o carro de Kevin Magnussen começar a pegar fogo, o piloto saiu as pressas do carro. O incêndio que foi causado por um vazamento de combustível deu o que fazer para que os mecânicos da equipe conseguissem pôr fim, pois por algumas vezes o incêndio se mostrava estar controlado mas devido o combustível que era jorrado e acabava tocando na carenagem que ainda estava quente o incêndio era reiniciado, entretanto após mais de 15 minutos a equipe conseguiu pôr fim ao incêndio, enquanto área do pitlane da equipe francesa ficou cheio de espuma dos extintores de incêndio.

A dupla da Ferrari foi a melhor do resto, já que conseguiram terminar a primeira sessão na terceira e quarta colocação, Kimi Raikkonen levou a melhor sobre seu companheiro de equipe Sebastian Vettel, porém por uma diferença mínima, mas mesmo terminando nessas posições eles em nenhum momento apresentaram perigo as Mercedes, já que ficaram a mais 1s do melhor tempo feito por Nico Rosberg.

O quinto melhor tempo ficou com Fernando Alonso, que estava usando o motor atualizado da Honda e que parece ter sim boas melhorias, pois o espanhol conseguiu ficar 1,2s do melhor tempo da sessão, mas ficou muito próximo das duas Ferrari.

Já a Red Bull que é a única equipe que poderia adiar o título de construtores da Mercedes, tivera um bom ritmo com Daniel Ricciardo em sexto e Max Verstappen em sétimo isso porque eles não utilizaram os pneus macios como os 5 primeiros colocados, o que da a entender que ainda vão melhorar muito durante os próximos treinos livres.

Nico Hulkenberg e Sergio Perez da Force India fizeram o oitavo e nono tempo, o que é um resultado muito bom para eles que pretendem aumentar a vantagem sobre a Williams no campeonato de construtores. A dupla da Williams que novamente deixou a desejar com Valtteri Bottas em décimo segundo e Felipe Massa em décimo oitavo.

A última posição do top 10 ficou com Jenson Button da Mclaren que diferente de seu companheiro de equipe utilizou apenas os pneus duros.

O brasileiro Felipe Nasr fez o décimo sexto tempo ficando á frente de seu companheiro de equipe Marcus Ericsson que fez o décimo sétimo.

O segundo treino livre foi bem morno e a única surpresa foi que os mesmos pilotos que estiveram no top 10 da primeira sessão permaneceram no top 10 da segunda sessão, havendo apenas mudanças de suas posições, como foi o caso da dupla da Mercedes que desta vez teve Lewis Hamilton fazendo o melhor tempo da sessão e Nico Rosberg tendo que ficar com o segundo tempo à 0,2s de diferença.

A Ferrari também houve troca de posições entre seus pilotos, se no primeiro treino Kimi Raikkonen havia sido o melhor do resto na segunda sessão foi a vez de Sebastian Vettel cravar a terceira posição ficando a 0,6s de diferença do tempo de Hamilton, o finlandês que fez o quarto tempo ficou a quase 0,9s do melhor tempo. Com este resultado da Ferrari nesses dois treinos livres mostra que eles são a segunda força do grid para este fim de semana.

Max Verstappen fez o quinto melhor tempo enquanto seu companheiro de equipe Daniel Ricciardo fez apenas o oitavo tempo, ambos que neste segundo treino livre utilizaram os compostos macios mas não conseguiram uma recuperação extraordinária como era esperado, já que na primeira sessão eles haviam utilizado apenas os compostos duros.

A sexta e sétima colocação ficaram com Sergio Perez da Force India e Fernando Alonso da Mclaren, o espanhol que ficou apenas 0,012s do tempo do mexicano, seus companheiro de equipes fecharam o top 10 com Nico Hulkenberg em nono e Jenson Button em décimo.

A equipe Williams terminou novamente com seus dois carros em posições nada agradáveis tendo Valtteri Bottas em décimo terceiro e Felipe Massa em décimo quinto.

A dupla da Sauber tiveram suas posições invertidas em relação a primeira sessão de treinos livres, desta vez Marcus Ericsson levou a melhor sobre Felipe Nasr e terminou a segunda sessão na décima sétima colocação enquanto o brasileiro fez o décimo oitavo tempo.