Rosberg supera Hamilton por 0,013s e crava a pole para o GP do Japão

Simplesmente imbatível até o momento, Nico Rosberg confirmou o favoritismo e crava a pole position. Massa e Nasr largaram na décimo segundo e vigésima posição.

Rosberg supera Hamilton por 0,013s e crava a pole para o GP do Japão
Getty Images

E pela terceira vez consecutiva Nico Rosberg crava a pole position para o GP do Japão porém por uma diferença miníma para seu companheiro de equipe Lewis Hamilton, que foi de apenas 0,013s. O piloto alemão que até agora vem dominando o fim de semana inteiro fechou todos os treinos livres na ponta e agora fez a pole position mas nem sempre isso garante a vitória no domingo até porque Rosberg tanto em 2014 quanto 2015 quando largou na ponta sempre viu Hamilton tomar a ponta e vencer a corrida, então não será muito fácil vencer amanhã.

Atrás das flechas de prata, tivemos as Ferrari que deste os treinos livres vinham mostrando que neste fim de semana eles tem um carro um pouco melhor do que os da Red Bull, no entanto que Kimi Raikkonen que foi o melhor do resto, foi o único a conseguir a andar na casa de 1min30s junto com a Mercedes, Sebastian Vettel que marcou o quarto tempo ficou bem próximo também porém não conseguiu baixar seu tempo que foi de 1min31.178s. Lembrando que o alemão ter´de cumprir uma punição de 3 posições no grid de largada então vai largar amanhã na sétima posição.

As Red Bull ficaram com a terceira fila tendo Max Verstappen em quinto e Daniel Ricciardo em sexto, abmos que não conseguiram mostrar um bom ritmo e tomaram entorno de 0,5s do tempo de Rosberg, porém ficaram entorno de 0,2s das Ferrari. Então para a corrida vamos realmente ter uma disputa entre as Ferrari e as Red Bull, mas caso chova na corrida a vantagem será da equipe dos energéticos já que eles tem um chassi bem melhor que o da Ferrari.

Como era esperado e como já vem virando até um costume a dupla da Force India conseguiu colocar seus dois carros novamente no top 10, algo que já vinha acontecendo desde os treinos livres e dificilmente não veríamos isso acontecer, Sergio Perez conseguiu marcar o sétimo melhor tempo enquanto seu companheiro de equipe Nico Hulkenberg fez o nono tempo.

A surpresa do treino foram a dupla da Haas que desde então não vinham mostrando ritmo para estar no top 10 e na H conseguiram este feito com Romain Grosjean em oitavo e Esteban Gutierrez em décimo.

Felipe Massa da Williams e Felipe Nasr da Sauber ficaram com o décimo segundo e vigésimo tempo.

Na casa da Honda, as Mclaren não conseguiram um bom desempenho no treino classificatório e fizeram apenas o décimo quinto e o décimo sétimo tempo, esperava-se muito mais pelo menos da parte do Alonso que tem o motor atualizado mas parece que esta carta na manga não funcionou do jeito que todos esperavam.