Porsche poderia fornecer motores para equipes da Fórmula 1

Montadora alemã poderia trocar Mundial de Endurance pela Fórmula 1

Porsche poderia fornecer motores para equipes da Fórmula 1
(Foto: Porsche AG)

Com 19 vitórias em Le Mans, a Porsche poderia buscar um novo desafio? De acordo com  publicação da alemã Autobild o fabricante alemão poderia fornecer motores para equipes da Fórmula 1, no lugar de continuar disputando o Mundial de Endurance e lutar pela 20º vitória na grande clássica.

“O número 20 seria uma boa ideia”. A sucinta frase foi dita pelo gerente de projetos LMP1 da marca Fritz Enzinger, apos os primeiros esboços dos regulamentos técnicos para o WEC de 2020. O dirigente agora quer conhecer os meandros da Fórmula 1, para quem sabe escolher qual das séries irá participar nos próximos anos.

Sabemos agora que os regulamentos para os anos de 2020. Nas próximas semanas a Peugeot deve decidir se vem ou não. Mas mesmo que tenhamos eles como adversários, vamos considerar se  queremos continuar por dois ou três anos, em Le Mans”. A Porsche está oficialmente no WEC até 2018.

Tal expectativa se deu após rumores de que o fabricante estaria decidido sair do Mundial após esta data. Especulações sobre a ida da montadora para a Fórmula E, também foram levantadas. Os regulamentos poderiam ser um atrativo.

Pelos lados da F1, a nova resolução de motores começa a valer em 2021. O siteMotorsport-total.com revelou que a McLaren já demonstrou interesse em uma parceria com a Porsche, repetindo o feito dos anos 80 quando Niki Lauda e Alain Prost conquistaram títulos entre 1984 e 1986. A Porsche aceitou um convite para reunião com equipes e fabricantes da F1 em Silberg, durante o final de semana do Grande Prêmio da Áustria, disputado em Red Bull Ring no dia 9 de julho.


Share on Facebook