União da Ilha define samba-enredo para 2018

Em final equilibrada, parceria de Ginho leva a melhor na União da Ilha

União da Ilha define samba-enredo para 2018
Foto: Facebook União da Ilha

A União da Ilha do Governador escolheu a obra da parceria de Ginho, Marcelão da Ilha, Flavinho Queiroga, Júnior, Thiago Caldas, John Bahiense, André de Souza e Prof. Hugo para ser seu samba-enredo no Carnaval 2018. A composição vencedora enfrentou 10 sambas inscritos em seis semanas de disputa. Na grande final, quatro sambas se apresentaram acompanhados de um grande público que lotou a quadra da União da Ilha, localizada no bairro da Ilha do Governador, no Rio de Janeiro.

A apresentação começou por volta de 3h da manhã e se estendeu até depois das 5h. Cada samba teve 30 minutos para conquistar o público na quadra. Em dez minutos, os intérpretes da parceria cantaram a composição. Mais dez minutos com o intérprete oficial da escola, Ito Melodia e, para finalizar, nos últimos dez minutos os torcedores fizeram o “canto da quadra” junto com a bateria do mestre Ciça.

A parceria de Ginho optou por um palco de peso. As potentes vozes de Tinga e Bruno Ribas fizeram a condução da apresentação na final. A torcida deu um autêntico show na exibição do samba na quadra, cantando muito forte desde os primeiros instantes. A melodia do trecho final da segunda do samba possibilitou que o refrão encontrasse uma explosão quando cantado.

 

Conheça o samba vencedor:

PÕE LENHA NO FOGÃO
O AROMA ESTÁ NO AR
EXALA NOSSA POESIA
CARAVELAS A BAILAR NO MAR
CHEGAM PRA MISCIGENAR ESSA FOLIA
EITA TEMPERO BOM, EU QUERO PROVAR
DERRAMA O CALDO DE LÁ NOS FRUTOS DE CÁ
EITA TEMPERO BOM, EU QUERO PROVAR
NAS TERRAS TUPINIQUINS O QUE SE PLANTA DA
E TUPÃ ABENÇOOU ESSE SABOR DA ALDEIA
QUE INCENDEIA, AGUÇA O PALADAR
MERGULHEI NO GOSTO QUE MARELA
RIQUEZA MILENAR

FOGO ACESO NO TERREIRO DAS YABÁ Ô Ô
NA MISTURA A HERANÇA DOS MEUS ANCESTRAIS
BOTA AGUA NO FEIJÃO QUE O SAMBA ESQUENTOU
ÔÔÔÔ NA BATIA DO TAMBOR

E NA FARTURA DO MEU TABULEIRO
O GRÃO É VIDA E MOSTRA O SEU VALOR
SINTO O CHEIRO DE CRAVO E CANELA
VÓ QUITUTEIRA MEXENDO A PANELA
DA NOSSA TERRA UM GOSTINHO SEM IGUAL
PRO SEU PRAZER, DOCE CACAU
ILHA PREPARA A MESA QUE É DIA DE FESTA
SERVIMOS UM BANQUETE À FANTASIA
UMA RECEITA IMPOSSÍVEL DE ESQUECER
DUAS PITADAS DE AMOR, EU E VOCÊ
JUNTANDO A FOME COM A VONTADE DE VENCER

VEM PROVAR O SABOR, DESSE MEU CARNAVAL
EU SOU A ILHA, SOU O PRATO PRINCIPAL
VOU DEIXAR ÁGUA NA BOCA
PROVOCAR UMA VONTADE LOUCA

Musica