Especial #CarnaVAVEL:Relembre os inusitados enredos da União da Ilha do Governador

Escola que é considerada a segunda de todo carioca fã de carnaval, sempre inovou em seus enredos na avenida

Especial #CarnaVAVEL:Relembre os inusitados enredos da União da Ilha do Governador
Especial #CarnaVAVEL: Ilha e o bom humor, relembre os inusitados enredos propostos pela União da Ilha

Quando a União da Ilha adentra a Marquês de Sapucaí, a irreverência e alegria dão os tons da escola. A azul, branco e vermelho do bairro do Cacuia, na zona norte do Rio de Janeiro, que desfilou pela primeira vez no grupo especial em 1975, sempre optou por temas mais alegres e cotidianos para seus enredos.

A escola logo dois anos depois, em 1977, já eternizou o samba-enredo 'Domingo', que falava do fim de semana tipicamente carioca. No ano seguinte quem veio para a avenida foi os anseios para saber o futuro, com o tema 'O Amanhã', que contava a história da cigana que leu o destino do folião que se perguntava como seria o dia seguinte. Samba regravado por grandes nomes da música brasileira e imortalizado no carnaval carioca.

Já em 1980, a União conseguiu a sua melhor colocação no carnaval, o segundo lugar, com o bem humorado samba 'Bom, Bonito e Barato', que mais uma vez marcou sua irreverência carnavalesca.

24 vezes Didi

Hoje eu vou tomar um porre
Não me socorre que eu tô feliz
Nessa eu vou de bar em bar
Beber a vida que eu sempre quis! 

O enredo 'De Bar Em Bar, Didi Um Poeta', marcou em 1991 uma grande homenagem ao grande compositor da escola, vencedor de 24 disputadas de samba. 

'Beleza pura?'

Em 2015 a União mais uma vez trouxe o seu carnaval bem humarado para a Sapucaí. Dessa vez o tema foi centrado sobre o padrão corporal. A escola através do carnavalesco Alex de Souza, trouxe para o desfile uma crítica com muito bom humor despadronizando o julgamento do físico, e levantando o público, como de costume em sua história.

Dinastia Melodia

A escola de samba teve como uma de suas marcas, a imortal voz do grande intérprete Aroldo Melodia, autor do eterno "Segura a marimba!", que defendeu o pavilhão de três cores por 36 anos, estando presente na maioria de seus históricos desfiles.

Em meados dos anos 90, o seu filho, Ito Melodia, começou a puxar o samba da escola junto com Aroldo, que logo em seguida abandonou o posto. Com uma voz semelhante a de seu pai, Ito é o puxador oficial da escola desde 2002.

Esse ano promete!

Em 2018, a escola da Ilha do Governador abordará o tema intitulado de "BRASIL BOM DE BOCA" pelo carnavalesco Severo Luzardo Filho. O enredo promete falar da relação do brasileiro com os pratos típicos de sua região. Confira o samba campeão: